Lutas

Questões de visto de lutadores podem atrapalhar duelo do UFC 266

Divulgação/Twitter Oficial Dan Hooker

Neste sábado (25), o UFC 266 deve rolar com várias lutas importantes em seu card. Mas uma delas corre o risco de ser atrapalhada por problemas um tanto inusitados: questões ligadas ao visto para poder viajar aos EUA.

A tal luta é o duelo entre o neozelandês Dan Hooker e o alemão Nasrat Haqparast. Para ambos, o visto foi ou tem sido um problema para viajar para os EUA e poder participar do evento, mas para Hooker, o problema já está totalmente resolvido.

A Nova Zelândia é um dos países com as restrições mais fortes quanto ao combate à Covid-19. No momento em que assinara o contrato da luta, um novo lockdown foi imposto no país. Com isso, tudo, inclusive a embaixada dos Estados Unidos no país e até a academia de ‘The Hangman’ foram fechados.

Com isso, Hooker tentou a ajuda do UFC para viabilizar e apressar a concessão do visto. Em um primeiro momento, a permissão não foi dada mas a insistência valeu e o lutador conseguiu a liberação para viajar para os EUA e participar do UFC 266

– Estarei lá. Está tudo certo, o visto era a única coisa que faltava. Tinha um voo no domingo e o consulado não teria tempo para processar e me dar o visto. Foi então que fui ao Twitter, à televisão, em todo lugar, os fãs ‘bombardeando’ o consulado para apressar as coisas. Com toda a ajuda deles, eles me falaram que poderiam me ajudar se eu fosse até lá na segunda-feira. Agora, já consegui e quinta estarei voando para o evento – afirmou Hooker ao The MMA Hour

Alemão ainda espera por visto para UFC 266

Se Dan Hooker conseguiu a chance quase de última hora para lutar no evento, o seu rival no card do Ultimate deste sábado corre o risco de ficar de fora. Nasrat Haqparast ainda espera pela concessão por parte do corpo diplomático americano na Alemanha, onde mora, para poder viajar para Las Vegas.

A morte da mãe do lutador o forçou a retornar a seu país e, agora, um excesso de pedidos de vistos na Embaixada dos EUA na Alemanha complicou as coisas para Haqparast, que ainda espera pela concessão da permissão para viajar e foi até às redes sociais para isto.

– Caro consulado americano em Frankfurt, esta é minha última chance de poder lutar no UFC 266. Estou esperando pelo meu visto e eu gostaria que me atendessem. Sei que a Covid-19 tem atrapalhado demais, mas esta é minha última chance. Tentei contato com vocês várias vezes. Estou querendo viajar de última hora, chegar e cortar peso na quinta, bater o peso na sexta e lutar no sábado. Preciso do meu visto aprovado e do meu passaporte de volta – disse o lutador nas redes sociais.

Em outra mensagem, o lutador afirmou que entrou em contato com o consulado e que o faltam agora para poder viajar são ‘informações adicionais’ que espera que possam viabilizar o visto e sua ida para o card.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top