Futebol Internacional

Rafa Benítez responde críticas da torcida: ‘Não entendem os problemas’

FOTO: DIVULGAÇÃO / EVERTON

O Everton precisou da prorrogação para vencer e eliminar o Hull City da Copa da Inglaterra, neste sábado (08), em jogo que ficou marcado por críticas ao técnico Rafa Benítez. Pressionado no cargo devido aos recentes resultados, o treinador viu nas arquibancadas um cartaz estendido pedindo a sua saída imediata. Após o jogo, o treinador espanhol comentou o episódio, disse não estar preocupado e respondeu aos torcedores.

— Não me preocupam estas críticas. Temos problemas e eles são muito antigos, nenhum diferente daqueles que tínhamos há três meses. Estou tentando resolver esses problemas e tenho experiência nisso. Estou dando o meu melhor. Os torcedores que compreendem isso vão continuar a apoiar a equipe. Aqueles que não entendem os problemas, tudo bem, é com eles. Vou continuar tentando melhorar tudo aquilo que depende de mim — afirmou Rafa Benítez.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O Everton venceu apenas dois dos últimos 13 jogos, incluindo o deste sábado, e a aproximação da zona de rebaixamento da Premier League preocupa os torcedores do clube. Rafa Benítez viveu o momento mais complicado entre o final de outubro e o início de dezembro, quando a equipe acumulou derrotas e a imprensa do Reino Unido já começava a noticiar uma possível saída. No entanto, o treinador ganhou o respaldo da diretoria para seguir com o trabalho.

Além dos desfalques por Covid-19, o Everton também perdeu jogadores importantes por conta de lesões. Um desses casos é o do brasileiro Richarlison, que está afastado pela segunda vez na temporada. O atacante ficou ausente entre setembro e outubro devido a um problema no joelho e perdeu seis jogos da equipe. No começo de dezembro, o brasileiro sofreu uma lesão na panturrilha e ainda não retornou.

Além dos resultados em campo, Rafa Benítez carrega outro peso no comando do Everton. O treinador tem forte identificação com o Liverpool, principal rival de seu clube atual. Ao todo foram seis temporadas no lado vermelho da cidade e essa questão é mais um ponto que vem dificultando uma boa relação com a torcida. Quando Benítez foi anunciado, alguns torcedores foram até a casa do treinador, fizeram ameaças e pediram para que ele não assinasse o contrato.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top