Campeonato Brasileiro

Rafael Gava vê fator casa como trunfo do Cuiabá diante do Fluminense

Rafael Gava
FOTO: ASSCOM DOURADO

Após estrear com vitória diante do Fortaleza, o Cuiabá, em seu primeiro jogo na condição de mandante nesta edição do Campeonato Brasileiro, que buscar mais uma vitória na competição. Para isso, o Dourado precisa fazer valer o fator casa e derrotar o Fluminense, na noite deste sábado (16), na Arena Pantanal.

Presente nos dois confrontos disputados contra o Tricolor no ano passado, Rafael Gava alerta para os cuidados que o time de Mato Grosso precisa ter neste fim de semana para conquistar o resultado positivo.

-O Fluminense é um adversário bastante perigoso e qualificado, como demonstrou ao superar o Flamengo na decisão do Campeonato Carioca. Então precisamos estar atentos, pensar em cada detalhe para enfrentar o nosso rival e conseguir um importante resultado no jogo, que marca a estreia ao lado do torcedor – contou.

LEIA TAMBÉM:

+Rodriguinho está há quatro jogos sem marcar pelo Cuiabá

Na temporada passada, o fator casa foi fundamental pela campanha que garantiu o Cuiabá na disputa da Copa Sul-Americana. Afinal de contas, atuando na condição de mandante, o Dourado conquistou sete das suas 10 vitórias no Brasileirão do último ano.

Por conta desse desempenho positivo dentro de seus domínios, Rafael Gava também ressalta como a Arena Pantanal pode ser importante para o Cuiabá encarar o clube carioca no fim de semana.

-Aqui (Arena Pantanal) é a nossa casa, onde estamos acostumados em jogar. Esse conhecimento nos ajudou bastante no ano passado e acredito que continuará sendo um diferencial a nosso favor. Costumamos ter boas atuações no nosso campo, justamente por conhecer cada detalhe nele – explicou.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Jogando como mandante este ano, o Cuiabá ainda não sabe o que é ser derrotado. Em oito partidas disputadas nesta condição, o Dourado venceu todas, marcou 27 gols e teve a rede balançada em apenas duas oportunidades.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top