Futebol Internacional

Ralf Rangnick está sob pressão e grupo de torcedores pede saída, diz jornal

FOTO: DIVULGAÇÃO / MANCHESTER UNITED

O alemão Ralf Rangnick foi chamado pelo Manchester United para tentar resolver os problemas e tirar a equipe da fase negativa que se encontrava com Ole Gunnar Solskjaer. No entanto, pouco mais de um mês após a sua estreia, o treinador já vem enfrentando uma corrente contrária ao seu trabalho e constantes pedidos de demissão por parte de alguns torcedores. De acordo com o jornal inglês “The Sun”, as críticas sobre o treinador são no sentido de não conseguir fazer a equipe obter um rendimento melhor.

Com base no investimento financeiro realizado pela direitora, que apostou na chegada de jogadores como Cristiano Ronaldo, Jadon Sancho e Raphael Varane, a expectativa era por briga no topo da tabela da Premier League, o que não se reflete neste momento. O Manchester United é apenas o sétimo, com 31 pontos conquistados até o momento. Na Liga dos Campeões a equipe até passou na primeira colocação do grupo F, mas sofreu para conseguir os resultados.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Mesmo que todo o desempenho até agora não seja apenas responsabilidade de Rangnick, os jogos sob o comando do treinador não tiveram grande evolução. Em seis jogos com o técnico alemão foram três vitórias, dois empates e uma derrota. Mesmo quando conseguiu vencer, o United encontrou dificuldades e por duas vezes conseguiu os três pontos com o placar mínimo, incluindo contra o lanterna Norwich.

Os empates contra Young Boys, na Liga dos Campeões, e Newcastle, que está na zona de rebaixamento da Premier League, também contaram negativamente para o treinador. A pressão ficou ainda maior na última segunda-feira (03), quando o time teve uma atuação irreconhecível e perdeu para o Wolverhampton, mesmo atuando em Old Trafford.

Rangnick admitiu que o time precisa fazer progressos e não descartou uma mudança de estilo de jogo, passando a ter um time mais agressivo, principalmente na recuperação de bola. Apesar disso, o treinador lembrou que vem sofrendo bastante na montagem do elenco devido aos casos de Covid-19. O Manchester United precisou até mesmo fechar o seu centro de treinamento para conter o avanço da doença dentro do clube.

Apesar da pressão sobre o treinador, a diretoria do Manchester United não tem pensado em mudanças neste momento. Os dirigentes traçaram o planejamento de manter o treinador até o final da atual temporada e depois passá-lo a um cargo na gestão do clube. A busca por um novo técnico só deve mesmo acontecer para a próxima temporada europeia.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top