Outros clubes

Ramires pode ser vendido ao Basel mesmo sem cumprir meta de jogos

Ramirez no Basel
Ramirez disputou apenas duas partidas pela equipe suiça (FOTO: DIVULGAÇÃO/EC BAHIA)

O empréstimo do meia Eric Ramires ao Basel termina no dia 30 de junho e, apesar de não ter cumprido a meta de 23 partidas jogadas, o que obrigaria o clube suíço a pagar R$30 milhões por 100% dos direitos do atleta ao Bahia, parece que os suíços ainda têm interesse na compra do jogador, mas agora com outros valores.

De acordo com Matheus Barbaço, do canal Sou Mais Bahia, o Basel teria mostrado interesse em adquirir 50% dos direitos do meio-campista por cerca de 2,5 milhões de euros (quase R$ 14 milhões).   

Ramires, que tem contrato com o Bahia até o fim de 2022, atuou em apenas dois jogos pela equipe suíça. O jogador sofreu uma lesão no músculo anterior da coxa em sua partida de estréia pelo Basel, contra o Zurique, no fim de setembro. Em novembro de 2019 o atleta voltou para salvador para realizar tratamento médico no centro de treinamento do Fazendão. Recuperado o atleta retornou para Suíça.

Sua melhor fase foi em 2018, quando foi promovido ao time principal do tricolor baiano, onde disputou 17 partidas e marcou dois gols, atraindo olhares de clubes europeus e de outros grandes clubes brasileiros como Flamengo, Palmeiras, Santos e Corinthians.

Em 2019 foi chamado para disputar o Sul-americano com a Seleção Brasileira sub-20, no entanto, não voltou a repetir as atuações de 2018 e perdeu espaço. Com a camisa tricolor em 2019 foram 33 jogos e os mesmos dois gols da temporada anterior.

Após recusar proposta dos Estados Unidos pelo volante, Bahia tem agora uma oferta do mundo árabe (FOTO: DIVULGAÇÃO/EC BAHIA)

De acordo com o Blog do do PVC, quem também pode ser vendido é Gregore, jogador mais valorizado do elenco tricolor. Existe uma oferta na mesa do Bahia de 3 milhões de euros (R$ 17,4 milhões) feita pelo Al-Ittihad, time da Arábia Saudita, treinado por Fábio Carille.

Tentamos contato com a direção do Bahia para confirmar o interesse e valores, mas não obtivemos resposta.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top