Cruzeiro

Conheça o ranking de artilheiros estrangeiros do Cruzeiro, liderado por Marcelo Moreno

Conheça o ranking de artilheiros estrangeiros do Cruzeiro, liderado por Marcelo Moreno
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Com os dois gols marcados contra o Botafogo, pela 11ª rodada da Série B, Marcelo Moreno se tornou o maior artilheiro estrangeiro da história do Cruzeiro. O atacante agora encabeça o ranking que traz grandes ídolos celestes, entre outros jogadores. Confira os goleadores gringos que compõem o top 10 da Raposa:

10º – Roberto Perfumo / Viveros (Seis gols)

Cruzeiro Esporte Clube
Roberto Perfumo marcou história no futebol sul-americano (Foto: Reprodução/Site do Cruzeiro)

A décima posição do ranking é composta pelo histórico zagueiro argentino Roberto Perfumo, considerado um dos grandes defensores da história do futebol sul-americano, e Alexander Viveros, atleta colombiano campeão da Copa do Brasil de 2000 com o Cruzeiro. Ambos possuem seis gols pela Raposa.

9º – Ernesto Farías (Oito gols)

Com franjinha emo, novo atacante chega animado à Toca II | globoesporte.com
Foto: Fernando Martins/GE

Entre 2010 e 2011, o atacante argentino Ernesto Farías foi peça constante no time do Cruzeiro, seja como titular ou entrando no segundo tempo. Mesmo sem conseguir repetir as atuações que o deram fama no futebol europeu, ele marcou oito gols durante seu período na Toca da Raposa e entrou no ranking de artilheiros gringos.

8º – Sorín (18 gols)

Foto: Reprodução/Internet.

Maior ídolo estrangeiro do Cruzeiro, Sorín fez história na lateral-esquerda do clube. Ele atuou pela Raposa em três passagens diferentes entre os anos de 2000 e 2009. Durante o período, marcou 18 gols, sendo o mais marcante deles na final da Copa Sul-Minas de 2002, contra o Athletico Paranaense. Naquele mesmo ano, foi convocado pela Argentina para a Copa do Mundo.

7º – Revétria (22 gols)

A história do cruzeirense uruguaio Revetria. Por José Renato Santiago -  Notícias - Terceiro Tempo
Foto: Reprodução/Internet.

Dono do gol que decidiu o famoso título mineiro de 1977, conquistado pela Raposa em cima do Atlético, o uruguaio Revétria marcou 22 gols pelo Cruzeiro.

6º – Ramon Ábila (26 gols)

Ábila celebra primeiro gol pelo Cruzeiro: “Cumpri as expectativas” - Gazeta  Esportiva
Foto: Gustavo Aleixo.

O centroavante argentino Ramon Ábila ficou pouco tempo na Toca da Raposa, mas deixou sua marca pelo Cruzeiro: em 61 jogos, o camisa 9 marcou 26 gols. Ele atuou pelo clube entre 2016 e 2017.

5º – Aristizábal (28 gols)

Cruzeiro 🦊 on Twitter: "Peça importante na conquista da Tríplice Coroa, o  atacante Aristizábal faz aniversário nesta quarta! 🎉 Na temporada 2003, o  colombiano anotou 28 gols com a camisa celeste, sendo
Foto: Reprodução/Cruzeiro.

Nome histórico da Seleção Colombiana, Aristizábal compôs, junto de nomes como Alex e Deivid, o setor ofensivo do time do Cruzeiro que venceu a Tríplice Coroa em 2003. Em uma única temporada jogada pela Raposa marcou 28 gols. É autor do famoso “gol matrix”, realizado no segundo jogo da final da Copa do Brasil daquele ano, contra o Flamengo.

4º – Walter Montillo (36 gols)

Montillo, ex-Cruzeiro, volta a jogar um ano após anunciar aposentadoria
Foto: Divulgação/Internet.

Camisa 10 do Cruzeiro entre 2010 e 2012, o argentino Walter Montillo atingiu muito sucesso em Minas Gerais, marcando 36 gols em três temporadas com a Raposa. Durante o período, foi convocado para a Seleção Argentina e ganhou duas Bolas de Prata, além de entrar na seleção ideal do futebol sul-americano do jornal El País.

3º – Fernando Carazo (44 gols)

Fernando Carazo - Que fim levou? - Terceiro Tempo
Foto: Reprodução/Revista do Cruzeiro.

Grande artilheiro gringo do Cruzeiro no século XX, Fernando Carazo ficou no primeiro lugar do ranking de goleadores estrangeiros entre 1942 e 2014, até ser superado por Marcelo Moreno. O espanhol marcou 44 gols com a camisa do antigo Palestra Itália.

2º – De Arrascaeta (50 gols)

Foto: Reprodução/Cruzeiro.

Decisivo nos bicampeonato do Cruzeiro na Copa do Brasil, em 2017 e 2018, De Arrascaeta deixou o clube há dois anos em uma polêmica negociação com o Flamengo. Amado por uns e odiado por outros, o meia uruguaio marcou época na Raposa com seus gols em finais e clássicos. Ao todo, balançou as redes 50 vezes e foi convocado para a Copa do Mundo de 2018.

1º – Marcelo Moreno (51 gols)

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro.

Representante do elenco atual na lista, o boliviano Marcelo Moreno atingiu o feito ao longo de três passagens: a primeira, entre 2007 e 2008, quando foi campeão mineiro; a segunda, em 2014, quando integrou o elenco campeão mineiro e tetracampeão brasileira; e a terceira, de 2020 até a presente data. Ele tem 51 gols com a camisa estrelada e diversas convocações para sua seleção, onde é capitão.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top