Ponte Preta

Rayan comenta disputa pela titularidade na Ponte Preta: ‘A briga será boa’

Ponte Preta terá Rayan como titular nos primeiros jogo do Campeonato Paulista
Crédito: Diego Almeida / AA Ponte Preta

Rayan é um dos jogadores com contrato renovado na Ponte Preta para disputa da Ponte Preta.

Garantido até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro, o zagueiro, que vai iniciar o Campeonato Paulista entre os 11 com Fábio Moreno, projetou a briga pela titularidade na Macaca em 2021.

+ Ponte Preta assina primeiro contrato profissional com promessa da base

“Eu acho que o fato de a comissão técnica já me conhecer a mais tempo e saber do meu trabalho pode contribuir com titularidade. É algo que tem que manter o tempo todo. Pelo elenco que temos, a briga será boa, mas vou fazer de tudo para ser titular”, declarou o camisa 44, em entrevista ao site oficial.

“A gente vem sempre com esperança de fazer um bom campeonato. Sabe que, no Paulista do ano passado, a gente começou com dificuldades. Conseguimos, no final, fazer um grande campeonato. Nesse ano, vamos tentar já mostrar de cara a nossa força”, emplacou.

PRÉ-TEMPORADA

A Ponte Preta passa pouco mais de uma semana em Itu, no Otho Hotel, para dar sequência à pré-temporada antes do primeiro compromisso no Paulistão.

Rayan elogiou o período de preparação fora do Estádio Moisés Lucarelli e comentou a respeito do jogo-treino diante do Velo Clube, vencido no último domingo pela manhã, pelo placar de 3 a 0.

“A gente está vindo com alguns atletas até para conhecermos e nos adaptarmos bem. A questão de alimentação ajuda bastante e descanso. Eu acho que esses dez dias vão sem proveitosos para nós. Eu acredito que, neste ano, vamos ter um processo legal e com acompanhamento mais perto. Isso vai favorecer para a nossa jornada no Campeonato Paulista.”, comentou o beque.

“Jogo-treino é bom para testar a equipe, saber o que a gente está fazendo nos treinos e colocar em prática. Foi um bom treino”, arrematou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top