Futebol Internacional

Real Madrid vence a Internazionale e diminui a chance de classificação dos italianos na Champions

Divulgação/ChampionsLeague

O Real Madrid foi até o Estádio Giuseppe Meazza, em Milão, e derrotou a Internazionale por 2 a 0, em confronto válido pela fase de grupos da Liga dos Campeões. Os gols foram marcados por Eden Hazard, de pênalti, e Achraf Hakimi contra. Com a vitória, o Real Madrid assume a segunda colocação do grupo B, enquanto a Inter permanece na lanterna e vê suas chances de classificação ficarem cada vez mais distante.

Um dos pontos marcantes da partida foi a expulsão de Arturo Vidal ainda no primeiro tempo. Ele recebeu dois cartões amarelos em sequência por reclamar de um pênalti não marcado sobre ele. Os jogadores enxergaram o lance como semelhante à penalidade assinalada para o Real Madrid.

Domínio merengue

A primeira etapa foi de amplo domínio dos visitantes. Logo aos 7′, Hazard abriu o placar em bela cobrança de pênalti, sofrido por Nacho, que havia entrado na área como elemento surpresa. O goleiro Handanovič esperou o belga escolher o canto da batida, mas não teve tempo de chegar na bola.

(Foto: Divulgação/ChampionsLeague)

O Real ainda teve duas boas chances de fazer o segundo antes da Internazionale acordar para a partida. Lucas Vázquez acertou a trave aos 13′, e Mendy, aos 17′, teve a oportunidade da finalização cruzada após erro na saída de bola dos italianos, mas optou pelo cruzamento rasteiro, que saiu forte demais. A Inter passou a atacar com mais qualidade e frequência apenas depois dos sustos, mas não conseguiu incomodar o goleiro Courtois.

No entanto, esse início de construção ofensiva ficou muito comprometido a partir do minuto 33. Arturo Vidal caiu dentro da área, mas o árbitro Anthony Taylor não assinalou o pênalti. Quando a bola saiu em lateral, o meia chileno reclamou demais e levou o cartão amarelo. Ao invés de se acalmar, ele intensificou a reclamação e o juiz mostrou o segundo cartão amarelo, expulsando-o de campo.

Real mantém o controle do jogo

Com um a mais, o Real Madrid não teve muitas dificuldades em administrar a vantagem. A Inter de Milão esboçou uma reação no início da segunda etapa, mas não construiu nenhuma chance de perigo. A equipe comandada por Antonio Conte teve qualidade para sair da pressão adversária no campo defensivo em duas ocasiões, mas em apenas uma delas o time conseguiu fazer com que o goleiro Courtois trabalhasse. Perišić chutou cruzado rasteiro, e o goleiro belga foi lá embaixo buscar. Foi a única finalização certa dos italianos na partida.

Os Merengues ampliaram o placar com a participação do brasileiro Rodrygo, que havia acabado de entrar em campo. Lucas Vázquez cruzou para o atacante, que finalizou. O chute foi desviado por Hakimi, e a UEFA considerou como gol contra do marroquino.

O resultado foi justo e premiou a equipe que jogou melhor. Os comandados de Zinedine Zidane chutaram 16 vezes a gol, tiveram 62% da posse de bola e trocaram 792 passes.

Próximos compromissos

Ambas as equipes entrarão em campo no próximo sábado (dia 28) pelas ligas nacionais. O Real Madrid receberá o Alavés, e a Inter visitará o Sassuolo. Os próximos confrontos pela Liga dos Campeões serão daqui a uma semana, no dia 1º de dezembro: Lukaku e companhia enfrentarão o Borussia Mönchengladbach – líder do grupo -, enquanto os Merengues buscarão a revanche contra o Shakhtar Donetsk.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top