Atlético-MG

Cleiton está preparado para ser o “paredão” do Red Bull Bragantino?

Cleiton lidera os jogadores do Red Bull Bragantino. Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Cleiton lidera os jogadores do Red Bull Bragantino. Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Em 2020, o Red Bull Bragantino anunciou a contratação do jovem goleiro Cleiton, de 22 anos, que pertencia ao Atlético-MG. Na época, o clube do interior paulista pagou R$ 23 milhões de reais por 70% dos direitos econômicos do atleta.

O jogador teve passagem pela Seleção Olímpica, chegou ao Massa Bruta sob desconfiança da torcida, mas logo demonstrou qualidade e foi efetivado ao posto de titular do clube de Bragança Paulista. Na temporada de 2020, Cleiton atuou em 36 jogos, sofreu 36 gols e atuou por 3.240 minutos com a camisa do Braga.

Em 2021, o arqueiro teve papel importante no clube e se tornou um dos pilares da equipe de Maurício Barbieri. A começar pelo Campeonato Paulista, no qual o jogador teve atuações brilhantes e destacadas, mas não parou por aí.

Para saber tudo sobre o RED BULL BRAGANTINO, siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

No Brasileirão, o jogador alternou momentos bons e ruins, Cleiton sofreu com algumas falhas e a desconfiança por parte da torcida. Assim, teve de trabalhar duro para dar a volta por cima e mostrar que pode defender a meta do Toro Loko em 2022.

As boas atuações, principalmente no vice-campeonato da Copa Sul-Americana colocaram o jogador em destaque no clube. Em 56 jogos disputados, foram 53 gols sofridos, além de cinco cartões amarelos e um total de 5.040 minutos jogados. Dessa forma, Cleiton foi o jogador que mais teve minutos em campo em 2021 e o terceiro jogador que mais atuou na temporada, atrás de Artur e Fabrício Bruno.

Por outro lado, o goleiro também teve papel fundamental na classificação do Red Bull Bragantino na próxima edição da Copa Libertadores da América. Pelo Brasileirão, foram 34 jogos disputados e 36 gols sofridos, mas inúmeras defesas importantes ao longo do campeonato.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top