Conmebol Libertadores

Relembre como o Santos atuou na altitude nos últimos anos

Santos
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Na próxima terça-feira (18) o Santos enfrentará o The Strongest às 19h15, em La Paz, na Bolívia. Na Vila Belmiro, o Peixe não deixou os bolivianos verem a cor da bola e venceram por 5 a 0. Porém, fora de casa, os brasileiros irão enfrentar outro fator além da equipe dos Tigres.

O Estádio Hernando Siles, lar do The Srtongest, fica a uma atitude de 3.637 metros do nível do mar, um dos mais altos do mundo. Fernando Diniz falou sobre o fator e disse que jogos assim chegam a ser desumanos. Nos últimos anos, o Peixe teve que enfrentar essa enorme dificuldade.

Relembre como o Santos atuou na altitude nos últimos anos:

Libertadores 2011

Em 2011, o Santos voltou a ser campeão da Libertadores após 48 anos. Nas oitavas de final, o Peixe teve que enfrentar a altitude contra o Club América, mas conseguiu superar a dificuldade e empatar em 0 a 0. Na fase seguinte, o Once Caldas também teve a altitude a seu favor. Mas ainda assim, os brasileiros conseguiram vencer.

3/5/2011 – Club América 0x0 Santos

Estádio: Corregidora de Querétaro

Altitude: 1,825 m

Com 1 a 0 no placar agregado, o Santos conseguiu segurar a classificação em Querétaro. Em um jogo onde não sofrer gols era importante, o goleiro Rafael se destacou na partida com pelo menos cinco grandes defesas. Desta maneira, com o placar zerado, o Peixe carimbou a passagem para as quartas de final. E mais uma vez, teria que enfrentar a altitude.

11/5/2011 – Once Caldas 0x1 Santos

Estádio: Estádio Palogrande

Altitude: 2153m

Nas quartas de final da Libertadores de 2011 o Santos pôde decidir a vaga em casa. Mas na primeira partida, enfrentou o Once Caldas e mais de 2 mil metros de altitude. O que não foi problema para Neymar. Sem a presença de Ganso, o camisa 11 teve que fazer a função do amigo. E aos 42 minutos, o atacante conseguiu o que queria: deu um belo passe para Alan Patrick, que entrou livre pela esquerda e, com um leve toque de direita, tirou a bola do alcance de Martínez para garantir o 1 a 0 para o Santos.

Libertadores 2012

Defendendo o título da Libertadores, o Peixe chegou até as semifinais pela oitava vez em sua história. Na campanha, teve que enfrentar a altitude duas vezes, e perdeu as duas pelo mesmo placar.

15/2/2012 – The Strongest 2×1 Santos

Estádio: Hernando Siles

Altitude: 3.637m

Na altitude de La Paz, a equipe comandada por Muricy Ramalho teve muitas chances em um jogo aberto contra o The Strongest. Porém, o Santos se expôs demais no jogo e acabou derrotado. Ainda assim, foi o Peixe que saiu na frente, aos 10 minutos. Ganso cobrou falta na esquerda e encontrou Neymar que cabeceou para boa defesa de Daniel Vaca. Posteriormente, Henrique completou para fazer 1 a 0.

Pouco mais de 20 minutos depois, o empate veio. Após Neymar perder ótima chance, em cruzamento de Borges, Soliz, aberto pela direita, cruzou rasteiro. A bola percorreu passou pela grande área até chegar ao meia Cristaldo, que só completou para o gol.

Até os 45 minutos do segundo tempo, o Santos conseguia trazer um pontinho para casa. Mas um pesadelo atual, acabou com isso.  Pablo Escobar cobrou escanteio na segunda trave e Rodrigo Ramallo, sozinho, deu um peixinho para virar o jogo.

25/4/2012 – Bolívar 2×1 Santos

Estádio: Hernando Siles

Altitude: 3.637m

Logo no primeiro minuto, o Santos sofreu um gol com atuação do azar. Campos bateu falta da entrada da área e acertou a trave, e a bola, bateu nas costas de Rafael e foi para o gol. Posteriormente, o Bolívar dominou a partida e se empolgou nos chutes de fora da área.

Mas aos 34 minutos, o empate veio. Elano bateu falta colocada. O goleiro Arguello espalmou, ela encostou na trave e voltou para a pequena área, onde Maranhão, completou para o gol.

O empate parecia que permaneceria no placar. Mas Campos não quis que fosse assim. O meia se aproveitou da altitude em cobrança de falta próxima a grande área, e chutou no canto direito de Rafael que não conseguiu alcançar a bola.

Libertadores 2017

Em 2017, o Santos chegou às quartas de final, quando foi eliminado pelo Barcelona de Guayaquil, que lidera o grupo do Peixe na temporada atual. Nesta edição, o Alvinegro teve que lidar com a altitude em dois jogos e conseguiu um empate nas duas.

Santa Fe 0 x 0 Santos – 19/4/2017

Estádio: El Campín

Altitude: 2.640 m

O Santos conseguiu manter a liderança do Grupo 2 da Libertadores com o empate por 0 a 0 com o Santa Fé em Bogotá. Bem postado na defesa, o Peixe controlou bem os colombianos, mas foi pouco agressivo no ataque. Victor Ferraz, no segundo tempo, acertou a trave adversária.

The Strongest 1×1 Santos – 17/5/2017

Estádio: Hernando Siles

Altitude: 3.637m

Em uma partida fundamental para a equipe na Libertadores, o Santos garantiu a vaga nas oitavas de final com um empate em 1 a 1. Aos 40 minutos do primeiro tempo, Chumacero abriu o placar na etapa. O camisa 3 recebeu na área, se desvencilhou da defesa e chutou para fazer 1 a 0.

Mas aos 28 minutos da etapa final, veio o empate. Lucas Lima recebeu na direita e encontrou Vitor Bueno na área, que finalizou bem na saída do goleiro para garantir o ponto fora de casa.. Os mandantes ainda perderam um pênalti nos minutos finais.

Libertadores 2018

No ano da Copa da Rússia, o Peixe não conseguiu ir muito longe na Libertadores. O Santos foi eliminado nas oitavas de final após uma confusão por causa da escalação de Sanchéz. Depois de dois empates sem gols contra o Independiente (ARG), foi eliminado ao ser punido pela Conmebol que alegou irregularidade na escalação do jogador no primeiro jogo. Com isso, ao invés do empate, o placar foi revertido para uma vitória por 3 a 0 para os argentinos. Mas ainda assim, na fase anterior, os brasileiros enfrentaram a altitude uma vez.

Real Garcilaso 2 x 0 Santos – 01/03/2018

Estádio: Inca Garcilaso de la Vega

Altitude: 3.399m

Logo em sua estreia na Libertadores de 2018, o Santos foi derrotado pelo Real Garcilaso. Aos sete minutos do primeiro tempo, Vidales recebeu sozinho na pequena área para abrir o placar. No final da segunda etapa, veio o segundo. Ramúa arriscou de muito longe e fez um golaço no ângulo.

Libertadores 2020

Na última Libertadores, que o Santos chegou até a final, o Peixe também teve que enfrentar a altitude. E contra a LDU, venceu e conseguiu tranquilidade para o jogo de volta das oitavas de final.

LDU 1 x 2 Santos – 24/11/2020

Estádio: Rodrigo Paz Delgado

Altitude: 2.734 m

Em Quito, o Santos superou os desfalques e venceu a LDU. Logo aos 16 minutos, os brasileiros abriram o placar. Pará puxou boa jogada pela direita e passou para Soteldo fazer o primeiro do Santos. Mas o empate veio no finalzinho do primeiro tempo. Billy Arce exigiu boa defesa de John, e Julio subiu sozinho para marcar, sob olhares de Diego Pituca, Marinho e Jhon.

Foi aos 18 minutos do segundo tempo que Marinho teve que decidir a partida. O camisa 11 fez boa jogada na área e foi derrubado. O próprio atacante foi para a cobrança e bateu rasteiro na direita para dar os três pontos ao Santos.

Quer saber mais sobre o Santos? Siga o Esporte News Mundo pelo TwitterFacebook Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top