Cruzeiro

Relembre os artilheiros e gols históricos do Cruzeiro ao longo de seus 100 anos

Relembre os artilheiros e gols históricos do Cruzeiro ao longo de seus 100 anos
Fotos: Divulgação / Acervo Cruzeiro / Arquivo Pessoal/Célio Apolinário / Lance!

Em uma data tão marcante para os cruzeirenses como este sábado (2), que é comemorado o centenário do clube celeste, vale relembrar os maiores protagonistas do momento clímax do futebol, o gol. Desde sua fundação, ainda como Palestra Itália, até hoje, o Cruzeiro foi casa de grandes artilheiros da história do esporte brasileiro e mundial.

A lista de maiores artilheiros do Cruzeiro tem Tostão na liderança, ídolo do clube celeste, com 249 gols marcados com a camisa azul. O jogador que marcou história no futebol brasileiro, atuou pela Raposa entre 1963 a 1972.

Veja a lista completa dos 10 maiores artilheiros do Cruzeiro:

1 – Tostão: 249 gols entre 1963 a 1972
2 – Dirceu Lopes: 223 gols entre 163 a 1979
3 – Niginho: 207 gols entre 1929 e 1947
4 – Bengala: 168 gols entre 1927 e 1939
5 – Ninão: 167 gols entre 1923 e 1938
6 – Marcelo Ramos: 162 gols entre 1995 e 2003
7 – Palhinha: 145 gols entre 1968 e 1984
8 – Alcides Lemos: 144 gols entre 1931 e 1948
9 – Joãozinho: 118 gols entre 1973 e 1986
10 – Raimundinho: 112 gols entre 1951 e 1963

O primeiro grande goleador do Cruzeiro foi João Fantoni, o Ninão. Nascido em Belo Horizonte em 1905, o jogador começou como profissional aos 18 anos, em 1923. No clube celeste, ele foi artilheiro nos três títulos cruzeirenses do torneio da cidade, em 1928, 1929 e 1930. No primeiro título ele anotou 43 gols, no segundo foram 33 e no terceiro 18. Outro fato curioso é que, no Estadual de 1928, a Raposa, ainda com o nome de Palestra Itália, aplicou a maior goleada da história do Campeonato Mineiro, com um placar de 14 a 0 sobre o Alves Nogueira. Nessa oportunidade, Ninão marcou 10 gols e entrou para a história do futebol brasileiro.

Em 1928, o Palestra Itália era mesmo um time infernal para seus adversários. Naqueles ano, foram 99 gols marcados pelo clube celeste em apenas 15 jogos, representando uma média de 6,6 gols por partida, tendo Ninão como principal artilheiro, hoje quinto maior artilheiro da Raposa.

Inclusive, o irmão de Ninão, Leonizio Fantoni, o Niginho, não foi só um dos jogadores que mais marcou gols com a camisa do Cruzeiro, como superou seu próprio irmão, se tornando o terceiro maior artilheiro da história do clube, com 207 gols em 280 jogos. Nos títulos mineiros de 1940 e 1945, ele foi o artilheiro, com 12 e 14 gols, respectivamente.

Na mesma década, em 1943, Alcides Lemos anotou nove gols e também celebrou a taça de campeão mineiro. Já em 1954, a Raposa terminou o estadual como vice, porém teve Raimundinho como principal marcador, com 13 tentos.

Curiosamente, Marcelo Ramos, sexto maior artilheiro do clube celeste, foi o jogador que mais conquistou títulos na história do Cruzeiro. O atacante venceu seis Estaduais (1996, 1997, 1998 e 2003), uma Libertadores (1997), um Campeonato Brasileiro (2003), duas Copas do Brasil (1996 e 2003), uma Recopa Sul-Americana (1998), uma Copa Ouro e uma Copa Master da Supercopa em 1995, uma Copa Centro-Oeste e uma Copa dos Campeões Mineiros em 1999, um Supercampeonato Mineiro (2002) e duas Copa Sul-Minas (2001 e 2002).

Zagueiros artilheiros

Além dos atacantes, o Cruzeiro também tem alguns zagueiros que se destacaram por marcar muitos gols em sua história. Veja a lista:

1 – Geraldão: 30 gols em 170 jogos (1980 a 1981 e 1984 a 1987)
2 – Cris: 25 gols em 260 jogos (199 a 2004)
3 – Léo: 22 gols em 401 jogos (2010 a 2020)
4 – Bruno Rodrigo: 17 gols em 165 jogos (2013 a 2016)
5 – Darci Menezes: 17 gols em 427 jogos (1967 a 1978)
6 – Luisão: 15 gols em 147 jogos ( 200 a 2003)
7 – Adilson: 15 gols em 161 jogos (1989 a 1993)
8 – Dedé: 15 gols em 188 jogos (2013 a 2019)
9 – Edu Dracena: 13 gols em 160 jogos (2003 a 2006)
10 – Marcelo Batatais: 12 gols em 147 jogos (2002 a 2005)

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top