Futebol Internacional

Renovação de Dybala não avança e jogador deve deixar a Juventus no final da temporada

FOTO: Marco Luzzani/Getty Images

A diretoria da Juventus chegou a encaminhar um acerto com o argentino Paulo Dybala para ampliar o vínculo do atleta. No entanto, segundo a “TyC Sports”, o jogador não gostou de algumas alterações no contrato que a diretoria do clube fez e, por isso, seu acordo ficou congelado. Se nada mudar até o mês de junho, quando seu contrato se encerra, o jogador vai deixar a Juventus e ficará livre para assinar com qualquer clube.

A informação publicada nesta quinta-feira (13), chega como uma bomba no elenco de Massimiliano Allegri, ainda mais envolvendo um jogador tão importante como Dybala. A Juve vem fazendo uma temporada irregular e a saída anterior, de Cristiano Ronaldo, também contou para uma queda de rendimento no sistema ofensivo. A perda de mais uma peça no setor poderá ser ainda pior para o clube visando a próximo temporada.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Dybala chegou a ser um dos jogadores mais importantes do elenco da Juventus e a sua renovação ficou muito bem encaminhada. No entanto, o jogador caiu de nível e isso atrasou um novo acordo. Tudo parecia novamente bem ajustado, mas as partes voltaram a se desentender e Dybala aparece, neste momento, longe de uma renovação.

Com a dificuldade no acerto, a Juventus viverá alguns meses até junho tentando novamente ajustar seus pensamentos com o de Dybala ao mesmo tempo em que a equipe vive um rendimento ruim dentro de campo. O jogador argentino entrou no segundo tempo do compromisso contra a Inter de Milão, pela decisão da Supercopa da Itália, mas pouco teve chances para marcar.

Dybala está em sua sétima temporada na Juventus, mas nos dois últimos anos vem perdendo espaço no clube italiano. O rendimento do argentino caiu exatamente diante de uma queda técnica de todo o elenco, que foi derrotado no Campeonato Italiano na temporada passada e novamente está distante de uma conquista.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top