Ceará

Rhuan Pedro é o 7º jogador formado pelo Ceará convocado para à Seleção Brasileira

Foto: Divulgação / Instagram

Uma das grandes promessas do Ceará, Rhuan Pedro tem se destacado pela equipe Sub-15 do clube nas competições disputadas pelo clube. Alto, rápido e com um excelente jogo aéreo, o estilo do zagueiro despertou a atenção de Dudu Patetuci, técnico de base da Seleção Brasileira. Na última terça-feira (1), foi divulgada a lista dos convocados para o período preparatório do Torneio Sul-Americano Conmebol Sub-15 e o nome do defensor alvinegro estava entre os 24 atletas chamados, sendo o único atleta de um clube nordestino. Além da jovem promessa, outros seis jogadores que foram formados nas categorias de base do Vovô também tiveram a oportunidade de vestir a camisa verde e amarela e representar a Seleção, seja no time principal, seja na base.

Quando adquiriu seu centro de treinamento, em 2014, ano do centenário alvinegro, o Vovô iniciava um grande investimento para formar jovens atletas. Ou, como é chamada a escolinha do clube, uma “Fábrica de Craques”. Sete anos depois, com muita investimento feito e melhorias em todos os setores, desde a base até o profissional, o Vovô tem o sexto jogador formado em sua base a ser convocado para representar o País com a bola nos pés.

Rhuan Pedro da Silva Romeiro, zagueiro de apenas 15 anos, irá se apresentar na Granja Comary no próximo sábado (5) e ficará trabalhando com o grupo até o dia 14 realizando treinos preparatórios visando a disputa continental da categoria, que será realizado no segundo semestre do ano. Em 2020, as também promessas do Vovô, David Souza e João Victor, chegaram a ser convocado para disputar a mesma competição, mas pela categoria Sub-17.

David Souza treinando com a Seleção Brasileira Sub-17 na temporada 2020. FOTO: MAURO HORITA / CBF

Lesionado na época, João Victor, que hoje já figura e chama atenção quando entra pela equipe principal, não pôde se juntar ao grupo da equipe nacional. Já David Souza, que marcou seu primeiro gol profissional no Campeonato Cearense dessa edição, chamou atenção com assistências durantes amistosos e foi chamado duas vezes para representar a Seleção.

Um ano antes, em 2019, outros três nomes revelados em Porangabuçu receberam essa honraria. Felipe Jonatan, Arthur Cabral e Artur Victor estiveram entre as convocatórias da Seleção Olímpica. No entanto, na época, nenhum dos deles estava mais atuando pelo Vovô. O lateral já estava defendendo o Santos e o centroavante vestindo a camisa do Palmeiras. O ponta, que hoje atua no Bragantino, na época atuava no Bahia por empréstimo do Palmeiras. Brasileiro com mais gols no futebol europeu na última temporada, Arthur Cabral teve seu nome especulado para os Jogos Olímpicos 2020, mas acabou ficando de fora.

Arthur Cabral atuando pela Seleção Olímpica em 2019. FOTO: MATHEUS MEYOHAS/CBF

Pablo Castro, que teve passagem pela base do Ferroviário e foi revelado no Vovô, chegou a ser chamado algumas vezes para a equipe principal do Brasil. A última, em 2018 já com Tite no comando. Na época, o zagueiro maranhense defendia o Corinthians.

Apesar de sete crias do alvinegro já terem sido selecionadas para representar à Seleção, apenas Rhuan, João Victor e David foram convocados enquanto atleta do clube. Sendo todas as convocações feitas do ano passado para cá. Os outros quatro, na época em que foram chamados, atuavam em outras equipes.

Rhuan Pedro estará sob cuidados da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) entre os dias 5 e 14 de junho, na Granja Comary, no Rio de Janeiro, para o período preparatório do Torneio Sul-Americano Conmebol Sub-15.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top