Campeonato Brasileiro

Rigoni vira artilheiro do São Paulo no Brasileirão

Rigoni
Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com o golaço de ontem (03) no empate contra a Chapecoense, o argentino Emiliano Rigoni ultrapassou Pablo na artilharia do Campeonato Brasileiro, tornando-se o principal goleador do clube na competição. O atacante agora tem quatro gols, seguido de Pablo com três e Reinaldo e Igor Gomes, ambos com dois gols.

Rigoni também liderou o São Paulo em gols nas outras duas competições que disputou. Pela Copa do Brasil, fez cinco gols em cinco partidas, sendo o artilheiro isolado do time e ainda é o artilheiro geral da competição, empatado com Rossi, do Bahia. Já na Libertadores, Luan e Vitor Bueno dividem o posto com o argentino, todos com dois gols cada.

+ Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Desde que chegou ao clube no final de maio, Rigoni se tornou rapidamente o principal jogador do São Paulo, tendo 11 gols em 27 pelo Tricolor desde que chegou no final de maio. O atacante não participou do Campeonato Paulista, o que dá margem para Pablo ainda ser o jogador são paulino com mais gols na temporada, ao balançar as redes 14 vezes em 37 partidas.

Apesar do bom momento do jogador, o São Paulo não vive melhor fase no campeonato. Com a meta de alcançar a Libertadores de 2022 a qualquer custo, o resultado contra o lanterna do Brasileirão certamente não era esperado. Com 28 pontos, o time é o 13º colocado, precisando de mais seis pontos para alcançar o Corinthians, último classificado para o torneio continental. Vale lembrar que esse G-6 ainda pode se tornar um G-9, após o término da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras, da Sul-Americana entre Athletico-PR e RB Bragantino, e da Copa do Brasil, neste momento ainda nas semifinais.

O próximo jogo do clube já é nesta quinta (07), às 18h30, contra o Santos, e para este clássico, o São Paulo deve ter a volta da torcida, que após quase dois anos fora dos estádios por conta da pandemia, agora pode retornar ao Morumbi, com capacidade máxima de 30%.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top