Corinthians

Roberto de Andrade e Alessandro pregam busca por títulos em primeira coletiva

Roberto de Andrade e Alessandro
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Nesta terça-feira (5), Roberto de Andrade e Alessandro Nunes foram anunciados como diretor e gerente de futebol, respectivamente. No discurso, deixaram claro que o objetivo do clube em 2021 é a retomada do time na briga por títulos, dando sequência aos últimos resultados da equipe.

DISPUTAR TÍTULOS

Já no início da coletiva de apresentação, Roberto foi questionado sobre a ausência do Corinthians em grandes conquistas e comentou que o clube passa por um momento de oscilação, mas não deixa de ser um time forte no futebol brasileiro.

“Não posso concordar que o Corinthians não é temido. Corinthians é Corinthians. Se a camisa entrar sozinha, o rival vai tremer. Nos momentos bons e ruins, isso vai acontecer. Tem fase boa, melhor ainda e a fase mais ou menos. Estamos retomando o bom momento. A recuperação veio tardia pelo campeonato já estar andando”, falou o diretor.

Já Alessandro, respondeu sobre o que o gerente de futebol almeja para essa nova gestão, tendo em vista sua carreira vitoriosa no clube não só como jogador e capitão, mas também na função em que ele exerce atualmente.

“Por todos aqui, o que a gente deseja e trabalhará incansavelmente é em busca de títulos, resultados e vitórias. Independente do momento, hoje atravessamos um momento de instabilidade para visar uma conquista, mas iremos progredir e evoluir. Nós temos profissionais que sabem o que é isso: ser campeões!“, completou o ex-lateral da equipe.

CONTRATAÇÕES

Sobre o mercado da bola, Roberto de Andrade se mostrou bem cauteloso e de acordo com o discurso do presidente do clube quanto a dificuldade financeira em que o Corinthians se encontra.

LEIA MAIS: Duílio toma posse como presidente do Corinthians e sentencia: ‘Será um mandato pé no chão’

“Quando o Duílio falou em pés no chão, eu também já usei e não quer dizer que vai ser zero contratação e deixar o time largado. É não trazer o cara de 1 milhão por mês (salário). Agora, oportunidade de mercado, para deixar o time mais forte, isso sempre vai acontecer com outros jogadores mais baratos e com a mesma qualidade. Jogadores virão, mas sempre com responsabilidade. É uma bandeira do Duílio: responsabilidade com o caixa do clube”, finalizou Roberto.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top