Corinthians

Roberto de Andrade revela conversa com Rafael Ramos e Edenilson após a partida

Corinthians Timão Roberto de Andrade
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Na noite deste sábado (14), ocorreu a denúncia de um suposto caso de racismo durante o empate entre Corinthians e Internacional, pelo Brasileirão. Na zona mista, após o confronto o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade, afirmou que Edenilson e Rafael Ramos já conversaram nos vestiários.

“Nós acompanhamos o Rafael até o vestiário do Internacional e ele conversou com o Edenilson, explicou para ele que ele deve ter entendido errado, ele disse outra coisa. Até se vocês me permitirem, tem um palavrão nisso, por isso vou falar, ele falou ‘mano, caral**’, e ele pediu desculpa se ele entendeu outra coisa, que não é do feitio dele. O menino é bom, isso a gente assegura. O que o Edenílson também é, não estamos aqui dizendo nem que um tá mentindo nem que o outro. As vezes fala rápido, ele tem sotaque português, é um pouco diferente, ele deve ter entendido outra coisa. Aparentemente as coisas ficaram resolvidas”, afirmou Roberto.

O diretor Alvinegro ainda destacou que os atletas pediram desculpas um para o outro e que Rafael Ramos pediu perdão ao volante caso ele tenha entendido a palavra “macaco”. O caso ocorreu aos 30 minutos do segundo tempo, ocasionando em uma paralisação por quatro minutos.

“Ele entendeu outra coisa, por isso teve esse fato. Acredito que sim, eles pediram desculpa, se ele tinha entendido outra coisa que o perdoasse porque ele não falou o que o Edenilson disse. Enfim, agora fica na consciência deles o que será feito”, ressaltou Roberto de Andrade.

O dirigente do Corinthians destacou acreditar na palavra de Rafael Ramos e pediu calma para a sequência do caso. Roberto também afirmou que o lateral português tem respaldo da diretoria.

“Não sei, vamos esperar, não vamos adiantar nada porque na realidade a gente também acredita no que o Rafael disse. Ele repetiu as palavras que disse para o Edenilson, ele pode ter entendido errado, então vamos com calma, não vamos sair julgando ninguém sem antes das coisas estarem esclarecidas”, disse.

Edenilson e Rafael Ramos ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o ocorrido no Beira-Rio. O jogador do Internacional e o lateral do Timão deixaram o gramado sem falar com a imprensa. O caso está sendo apurado.

Para mais informações sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo pelo Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top