Fluminense

Roger vê placar ‘compatível com atuação’ e enaltece Kayky e Fred: ‘Dispensa comentários’

Foto: Lucas Merçon/FFC

Em noite especial para os mais jovens e os mais velhos, o Fluminense goleou o Macaé por 4 a 0, nesta terça-feira, no Raulino de Oliveira, pela 8ª rodada da Taça Guanabara. O Tricolor, que retornou ao G-4 do Carioca, viu o jovem Kayky de 17 anos marcar pela primeira vez como profissional, em partida que também contou com gols dos veteranos Fred, Nenê e Ganso na etapa final. O técnico Roger Machado enalteceu a atuação tricolor que, na sua visão, foi compatível com o placar.

– Salientei para os atletas no final do jogo que, mais do que o resultado, foi o que nós produzimos. Não só do ponto de vista ofensivo, mas pelo fato de ao todo termos feito uma partida segura. Mesmo quando o adversário teve a bola, a gente conseguiu impedir que eles pudessem gerar consequências no nosso sistema defensivo. O placar foi compatível com a atuação – disse o treinador.

+ Atuações ENM: Kayky marca em seu primeiro jogo como titular e se destaca na vitória do Fluminense

O destaque da noite foi Kayky. O atacante, que subiu para o profissional neste ano após uma temporada de destaque na categoria sub-17 em 2020, fez a sua primeira partida como titular. Para deixar a noite ainda mais especial, o jovem fez o seu primeiro gol pelo time principal e abriu o caminho da goleada. Roger exaltou a promessa tricolor.

– A ideia que a gente tinha era justamente proporcionar ao jogador que, dentro do campo tem jogado aberto, tem o um contra um forte, é insinuante nos dribles, e quando está dentro do bloco e atrás das linhas consegue ser um jogador que consegue articular e correr com a bola em espaços com congestionamentos e achar soluções contra defesas fechadas. Acho que aproveitou bem a oportunidade. Era o desejo desde o início – afirmou.

Já o outro destaque da noite foi o artilheiro Fred. O camisa 9 marcou o seu quarto gol na temporada e atingiu a marca de 399 gols na carreira. Ao todo, são 181 gols com a camisa do Fluminense, o que o deixa cada vez mais perto de Orlando Pingo de Ouro (184), o segundo maior goleador da história do clube.

– Fred é um jogador que dispensa comentários. Os quase 400 gols é o cartão de visita do Fred. Sempre vou formatar os meus times com características para alimentar os centroavantes. Mas não só de cruzamentos laterais. Eu entendo que um jogador completo como o Fred é, tem condições de fazer gols através de infiltrações e pequenas diagonais curtas para o gol para finalizar de perto do goleiro. Ele vive uma grande fase e tenho certeza que a experiência dele será muito grande para nos ajudar no ano e principalmente na Libertadores – ressaltou.

Confira outros trechos da coletiva do técnico Roger Machado:

Testes no Carioca

– São essas duas vias: amadurecer o time para a Libertadores sem deixar de valorizar o estadual. Quando fui questionado a respeito da estratégia em ter passado muitas vezes os jogadores mais utilizados no Brasileiro para dar oportunidade para os garotos, era para dar maturidade. Não gostaria de ter como o campeonato um laboratório de forma pejorativa. Mas é a oportunidade que a gente tem pra ver os jogadores em campo em jogos mais pesados, e quem poderá nos ajudar. Quando tiver a oportunidade e o jogo permitir, vou querer utilizar (os jovens). Mas tem a segunda via que é amadurecer as peças para as finais do campeonato e a Libertadores.

Ausências de Miguel e Michel Araújo

– São as opções para este jogo. O Miguel ainda não teve a oportunidade de vir comigo ao banco, mas está treinando. Fez o jogo no início, quando eu ainda estava fazendo a transição, teve um problema, se recuperou e está treinando. Quando o treinador entender que o atleta deva fazer parte de um banco vou observá-lo. O Michel é a mesma questão. Outras opções no dia de hoje era importante ter perto e poder usá-las em detrimento de outras.

+ Kayky comemora primeiro gol como profissional do Fluminense: ‘Sensação que não tem como explicar’
+ Fred se aproxima dos 400 gols na carreira e comenta: ‘Tem que acontecer naturalmente’

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top