Tênis

Roland Garros 2020: Djokovic passeia e brasileiro Thiago Monteiro brilha; veja os resultados da chave masculina desta terça-feira

Reprodução/ATP Tour @atptour

A primeira rodada do Aberto da França terminou nesta terça (29) com jogos de quatro top 10 do ranking mundial, além da vitória do brasileiro Thiago Monteiro. Confira a cobertura do Esporte News Mundo.

Novak Djokovic 3-0 Mikael Ymer (6/0, 6/2 e 6/3)

O sérvio Novak Djokovic teve uma estreia tranquila contra o sueco Mikael Ymer na quadra Philippe Chatrier. O número um do mundo mostrou estar na ponta dos cascos oito dias após seu título no Masters 1000 de Roma, somando 32 winners, 22 erros não-forçados e vencendo 74% dos pontos no primeiro-saque.

Um ponto chamativo no jogo de Djokovic foi o uso considerável de dropshots, algo também visto em sua participação em Roma e que deve ser uma tendência nessa temporada fora de época dos torneios de saibro, uma vez que o outono europeu torna esse tipo de piso mais lento do que o normal.

” Eu acho que o dropshot é uma ótima variação de golpe. Penso que seja importante taticamente domina-lo e usa-lo no momento certo, para que você deixe seu oponente sempre se perguntando o que virá a seguir”, disse o sérvio após o jogo sobre a estratégia.

Djokovic segue a jornada rumo ao seu 2º título em Roland Garros, e 18º de Majors, contra o lituano Ricardas Berankis pela segunda rodada.

Thiago Monteiro 3-2 Nikoloz Basilashvili 7/5, 6/4 e 6/2)

O número um do Brasil e 84ª do mundo, Thiago Monteiro, conquistou uma dominante vitória em sets diretos contra Nikoloz Basilashvili, 33º do ranking. Monteiro não teve seu saque quebrado durante as 2 horas e 5 minutos de partida, vencendo 79% dos pontos no primeiro-saque, somando 6 aces e nenhuma dupla-falta.

Com o resultado, o brasileiro chega a sua terceira vitória no Aberto da França, tendo a duas últimas sido em 2017, além de somar mais 45 pontos no ranking da ATP. A melhor colocação de Thiago Monteiro foi a 74ª posição, em 2017.

Findada a primeira rodada, a chave de Thiago Monteiro não colocará cabeças de chave em seu caminho até as oitavas de final, graças a precoce eliminação de Daniil Medvedev, cabeça número quatro. O brasileiro enfrentará o estadunidense Marcos Giron pela segunda rodada.

Jaume Antoni Munar Clar 2-3 Stefanos Tsitsipas (6/4, 6/4, 1/6, 4/6 e 4/6)

Dois dias após seu vice-campeonato no ATP 500 de Hamburgo, o grego Stefanos Tsitsipas clamou sua primeira vitória após estar 2 sets em desvantagem, contra o espanhol Jaume Antoni Munar Clar. O número seis do mundo chegou à sua 23ª vitória em 2020, tendo o terceiro maior número de vitórias no ATP Tour deste ano.

Apesar do alto número de erros não-forçados de Tsitsipas, 49, o grego contabilizou 36 winners apenas nos três sets finais, quando o jogo parecia pender para Munar Clar. Tsitsipas quebrou o espanhol seis vezes em 14 oportunidades durante as 3 horas e 12 minutos de confronto.

“Eu não acho que tenha jogado uma partida como essa antes”, revelou Tsitsipas ao final do jogo. “O controle e os nervos no começo não estavam lá, mas eu fiz pequenos ajustes e tentei encontrar um jeito de vencer, um jeito diferente”.

Stefanos Tsitsipas enfrentará o uruguaio Pablo Cuevas pela segunda rodada do Slam.

Denis Shapovalov 3-1 Gilles Simon (6/2, 7/5, 5/7 e 6/3)

Em um dos jogos mais interessantes da rodada, o canadense Denis Shapovalov fez um placar de 3-1 para cima do ex-número seis do mundo, Gilles Simon, após 3 horas e 29 minutos.

“El Shapo” salvou cinco set-points no segundo set e deixou escapar uma quebra de vantagem no terceiro, mas apesar do festival de berros proporcionado por ambos os tenistas em quadra, a promessa canadense soube melhor controlar os nervos, executando 11 winners e vencendo 10 pontos em 14 subidas à rede no quarto período.

O número 11 do mundo vem embalado de sua primeira quarta de final em Majors no US Open 2020, além de ter sido semifinalista no saibro do Masters 1000 de Roma. Shapovalov enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov pela segunda rodada de Roland Garros.

Outros resultados

Sam Querrey 2-3 Andrey Rublev (7/6, 7/6, 5/7, 4/6 e 3/6)

Quentin Halys 2-3 Marcos Giron (5/7, 6/3, 7/6, 5/7 e 6/8)

Hugo Dellien 0-3 Ricardas Berankis (1/6, 4/6 e 4/6)

Laslo Dere 0-3 Kevin Anderson (2/6, 3/6 e 4/6)

Dusan Lajovic 3-1 Gianluca Mager (6/4, 7/6, 4/6 e 6/1)

Harold Mayot 0-3 Alejadro Davidovich Fokina (6/7, 3/6 e 5/7)

Ugo Humbert 1-3 Marc Polmans (2/6, 2/6, 6/3 e 3/6)

Vasek Pospisil 0-3 Matteo Berrettini (3/6, 1/6 e 3/6)

Cristian Garín 3-1 Phillip Kohlschreiber (6/4, 4/6, 6/1 e 6/4)

Lloyd Harris 3-0 Alexei Popyrin (6/4, 6/4 e 7/6)

Yasutaka Uchiyama 0-3 Attila Balázs (2/6, 3/6 e 5/7)

Henri Laaksonen 1-3 Pablo Cuevas (1/6, 6/2, 4/6 e 2/6)

Steve Johnson 0-3 Roberto Carballés Baena (1/6, 1/6 e 0/6)

Roberto Bautista Agut 3-0 Richard Gasquet (7/6, 6/2 e 6/1)

Andrej Martin 3-0 João Sousa (7/5, 6/1 e 6/2)

Gregoire Barrere 0-3 Grigor Dimitrov (3/6, 2/6 e 2/6)

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top