Mais Esportes

Roland Garros 2020: Nadal, Thiem e Zverev dominantes; veja os resultados da chave masculina desta sexta-feira

Reprodução/Roland-Garros @RolandGarros
— Continua depois da publicidade —

A terceira rodada do Aberto da França foi iniciada em um movimentado dia de chuva, com ex-campeão dando adeus. Confira a cobertura do Esporte News Mundo.

Stefano Travaglia 0-3 Rafael Nadal (1/6, 4/6 e 0/6)

A saga de Rafael Nadal pela 13ª conquista no saibro de Roland Garros teve mais um rápido capítulo, de 1 hora e 35 minutos para ser exato, contra o italiano Stefano Travaglia. Nadal segue sem ceder um set sequer nessa edição, sagrando-se vencedor pela 96ª vez em 98 jogos disputados no Aberto da França.

“El Toro” teve um começo de jogo fulminante, cedendo meros seis pontos ao longo do primeiro set inteiro. Travaglia deu sinais de vida na parcial seguinte, endurecendo o jogo para Nadal até o sétimo game, quando o espanhol quebrou o saque do italiano e administrou até fechar em 6/4. Nadal conquistou mais três quebras de saque durante o terceiro set, aplicando um pneu para passar às oitavas de final.

O número dois do mundo somou 28 winners, apenas 13 erros não-forçados e venceu 78% dos pontos no primeiro-saque, além de impressionantes 82% dos pontos no segundo-saque.

Com o resultado, Rafael Nadal enfrentará o jovem estadunidense Sebastian Korda, que admitiu ter rezado para Nadal derrotar Travaglia, para que então ele pudesse ter a chance de jogar contra seu ídolo.

Quando questionado sobre isso após o final do jogo, o espanhol refletiu: “[ser o ídolo dele] significa que eu estive na TV por bastante tempo, esse é o ponto principal. O mesmo aconteceu quando eu era criança e assistia a Sampras, Agassi, Carlos Moya. O ponto negativo é que significa que tenho 34 anos. Esse outro ponto não é tão bonito.”

Casper Ruud 0-3 Dominic Thiem (4/6, 3/6 e 1/6)

Na primeira partida do dia sediada na quadra Philippe-Chatrier, o austríaco Dominic Thiem estendeu sua invencibilidade para 10 jogos ao derrotar Casper Ruud, da Noruega, em sets diretos que somaram 2 horas e 15 minutos.

O número três do mundo e atual campeão do US Open precisou correr atrás de uma quebra de desvantagem para fechar o primeiro set em 6/4. Posteriormente, Thiem venceu 73% dos jogados no primeiro-serviço para dominar o segundo set. Esse quesito aumentou para incríveis 87% na terceira parcial, ao mesmo tempo que Ruud somava 11 erros não-forçados no set e 37 na partida inteira.

“Casper é um excelente jogador e nós tivemos alguns belos rallies. Ele criou muito confiança após as campanhas de semifinalista em Roma e Hamburgo, e possui uma ótima atitude do início ao fim. Eu evitei dar quaisquer chances a ele no terceiro set.”, reconheceu Thiem ao final do embate.

Dominic Thiem enfrentará o francês Hugo Gaston pelas oitavas e final do torneio.

Stanislas Wawrinka 2-3 Hugo Gaston (6/2, 3/6, 3/6, 6/4 e 0/6)

O número 239 do ranking, Hugo Gaston, surpreendeu ao eliminar o vencedor da edição de 2015, Stanislas Wawrinka, em uma batalha de cinco sets. O jovem de 20 anos é o último representante do país-anfitrião na chave masculina de simples.

O confronto foi interrompido no 2/2 do terceiro set por conta da chuva. Passadas duas horas de paralisação, Gaston fechou o terceiro set para assumir a vantagem pela primeira vez no dia. Wawrinka oscilou muito com seus golpes, registrando um total de 74 erros não-forçados contra 41 do jovem francês. O ex-número três do mundo teve seu saque quebrado três vezes no set decisivo, cedendo um final de jogo tranquilo para Gaston.

“Eu tentei jogar meu jogo, mas eu não sabia se daria certo… até eu ganhar”, disse Gaston ao final da batalha. “Eu sou grato pelo suporte que tive e depois de amanhã enfrentarei [Dominic] Thiem. Não tenho nada a perder.”

Alexander Zverev 3-0 Marco Cecchinato (6/1, 7/5 e 6/3)

Na quadra Suzanne-Lenglen, Alexander Zverev encontrou todas as respostas contra o italiano Marco Cecchinato em vitória por sets diretos. O número sete do mundo desfruta de sua melhor temporada em termos de Majors, tendo obtido os melhores resultados de sua carreira no Australian Open e US Open.

O momento crítico da partida aconteceu no segundo set, com Zverev em desvantagem por 3/5. O alemão então emendou quatro games muito sólidos para abrir 2 sets a zero, e não perdeu as rédeas da partida desde então.

Zverev desfrutou de um ótimo aproveitamento nos saques, vencendo 85% dos pontos jogados no primeiro-serviço, além de ter somado 31 winners e 22 erros não-forçados.

“Eu estou definitivamente muito mais feliz com meu jogo hoje do que a partida contra Herbert. Eu trabalhei em alguns aspectos nos últimos dias. Estava muito insatisfeito comigo mesmo há dois dias, mas ainda assim venci. Sei que terei que jogar cada vez melhor a cada rodada ou não terei a mínima chance”, analisou Zverev após a vitória.

O alemão enfrentará o fenômeno italiano Jannik Sinner em duelo da nova geração do tênis pelas oitavas de final do torneio

Outros resultados

Pedro Martinez Portero 0-3 Sebastian Korda (4/6, 3/6 e 1/6)

Lorenzo Sonego 3-0 Taylor Fritz (7/6, 6/3 e 7/6)

Federico Coria 0-3 Jannik Sinner (3/6, 5/7 e 5/7)

Norbert Gombos 0-3 Diego Schwartzman (6/7, 3/6 e 3/6)

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top