Santos

Rollo promete foco em pagar dívidas do Santos, e revela bronca do elenco sobre possível perda de pontos

Foto: Ivan Storti/Santos FC
— Continua depois da publicidade —

Por Arthur Faria e Caíque Stiva

O presidente Orlando Rollo, que assumiu o Santos nesta terça-feira após o afastamento de José Carlos Peres, prometeu correr para pagar as dívidas do clube, e livrar o Peixe das punições impostas pela FIFA.

Em entrevista coletiva virtual realizada na Vila Belmiro, Rollo classificou como “catastrófica” a situação financeira do Santos, e disse que o clube precisa pagar suas dívidas com urgência para não perder pontos.

“A situação é tão catastrófica que só eu e meu grupo… Temos que ser humildes. Tenho pós-graduação em administração, em contabilidade, economia, gestão de futebol e marketing esportivo. Mas um grupo só não consegue resolver. Pagamento precisa ser feito com urgência. Santos corre risco, sim, e não vou enganar torcedor, de nos próximos dias podemos sofrer mais uma punição. Estamos na iminência de perda de pontos”, explicou o presidente em exercício.

+ Afastado do Santos, Peres divulga novo projeto de reforma da Vila Belmiro em parceria com a WTorre

Além disso, Rollo ainda disse que há atrasos nos salários dos atletas, mas explicou que os mesmos estão cientes das dificuldades. Porém, o cartola não revelou as cifras das dívidas do Santos.

“Precisam receber em dia o quanto antes. Vocês não acreditam… Há um caso de atraso de meses, meses e meses, mas temos que falar em solução. Jogadores estão cientes das dificuldades. Falei que estão cansados de ouvir conversa e que vão ouvir ações. Ainda não estou à vontade para falar de números exatos. Ainda não temos. Vamos abrir todas as dívidas, números e em breve, quando terminarmos auditoria, todos saberão o valor real da dívida do Santos. Curto, médio e longo prazo”, disse.

Bronca do elenco

Na manhã desta terça-feira, Rollo acompanhou o treino do Santos no CT Rei Pelé, e aproveitou para conversar com o elenco e a comissão técnica.

Contudo, o presidente revelou que, apesar de cientes dos problemas, os atletas também fizeram uma cobrança para que a equipe não seja prejudicada no Campeonato Brasileiro.

“Lideranças do elenco dizem que estão suando para perder pontos fora de campo? Seria uma avalanche. Pediram por favor para solucionarmos. E isso me incentiva. Jogadores estão solidários ao nosso problema”.

Peres foi afastado do Santos por conta da reprovação das contas do clube de 2019. Além dele, outros sete membros do Comitê de Gestão também não fazem mais parte da diretoria do Peixe. Eles ainda têm dez dias úteis para apresentar a defesa.

Para saber tudo sobre o Santos, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top