Tênis

Rublev sofre pressão de húngaro, mas avança às quartas de final do Aberto da França

Publicação/Twitter @rolandgarros
— Continua depois da publicidade —

Nesta segunda-feira (5), Márton Fucsovics, da Hungria, e Andrey Rublev, da Russia, disputaram a primeira partida da quadra Suzanne-Lenglen, no complexo de Roland Garros, em Paris, na França. O jogo válido pelas oitavas de final do torneio durou um pouco menos de quatro horas, com a vitória do russo por 3 sets a 1. 

Campeão do ATP em Hamburgo (campeonato que antecede o Major de saibro) e número 12 do ranking mundial, Rublev enfrentou dificuldade e precisou de quatro sets para superar Fucsovics, atual #63 de simples masculino. 

O primeiro set foi muito equilibrado e somente finalizado no tie break. O #12 abriu uma ótima vantagem com mini-breaks (3/1), mas o húngaro fez grandes saques e venceu o set inicial, depois de 62 minutos de duração (7/6).

Márton Fucsovics começou o segundo set muito melhor, se impôs no jogo e quebrou o serviço do adversário. Fucsovics fez 4/1 e tudo parecia encaminhado para mais um set de vitória do #63. O húngaro desperdiçou a chance de fechar o set (5/3) e foi quebrado pelo russo, que reagiu e deixou tudo igual com a parcial de 7/5. 

Mais uma vez, Rublev iniciou o set em desvantagem e, apesar de jovem, usou a experiência para virar o jogo. Fucsovics voltou a quebrá-lo, mas não sustentou as boas devoluções do russo e acabou derrotado por 6/4. 

Diferente dos anteriores, a única oportunidade de quebra de saque no quarto e último set apareceu apenas no décimo game, com três set points para o húngaro, que desperdiçou todas. O russo levou a disputa para mais um tie break, o qual jogou melhor e ganhou por 7 a 3 (7/6).

Nesta quarta-feira (7), Andrey Rublev enfrenta o grego Stefanos Tsitsipas, em partida válida pelas quartas de final do Roland Garros. Há dez dias, os tenistas protagonizaram a final do ATP de Hamburgo, e Rublev foi campeão ao superar o #6 do mundo. 

Leia mais sobre a chave masculina:

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top