Basquete

Rumo aos playoffs: reta-final da NBA tem briga incessante pelo play-in

NBA play-in
Foto: Ron Sachs via Imago Images

Em uma temporada menor e que ainda é afetada pela pandemia, a NBA vê várias equipes em um nível semelhante. Com a entrada do play-in, a liga demonstra que terá uma briga muito interessante em busca de alcançar os playoffs. Além disso, as voltas de outras equipes menos cotadas e outras históricas voltando para a pós-temporada vai aumentar ainda mais a expectativa pelo o que virá nos próximos meses.

Com menos de 10 jogos para cada equipe, apenas cinco estão confirmadas nos playoffs: Philadelphia 76ers, Brooklyn Nets, Utah Jazz, Phoenix Suns e Los Angeles Clippers. Do outro lado, apenas cinco franquias também estão eliminadas: Oklahoma City Thunder, Minnesota Timberwolves, Houston Rockets, Orlando Magic e Detroit Pistons. Sendo assim, 15 vagas ainda estão em disputa para 19 times que sonham em alcançar o mata-mata. No entanto, a situação pode ser traduzida em diferentes aspectos para cada um.

OS POSTULANTES

No Leste, dois dos três primeiros já estão classificados sendo que Milwaukee deve confirmar em breve a vaga. Logo abaixo, a briga acirrada puxa o retorno de alguns times como Knicks, em quarto lugar. A volta praticamente certa mostra que Nova York vem encontrando um ritmo bom misturando experiência e juventude com Tom Thibodeau no comando. Além disso, Hawks (35-30), Heat (35-30) e Celtics (34-31) podem ser considerados o segundo escalão.

Logo abaixo podemos separar cinco times que brigam e devem brigar forte pelas últimas posições. Em oitavo, os Hornets depositam as forças em um LaMelo Ball e Gordon Hayward, enquanto os Pacers apostam em Domantas Sabonis que vive temporada mágica. Fechando os dez primeiros, os Wizards tiveram um começo ruim, mas cresceram a partir da metade da temporada com Russell Westbrook e Bradley Beal em modo MVP. Fora da zona de play-in, Toronto e Chicago sonham com a classificação, mas entendem que precisarão fazer mais do que vem sendo mostrado até aqui.

Na Conferência Oeste, a situação é parecida, mas com alguns ingredientes a mais. As surpresas Suns e Jazz seguem dominantes e disputam a cada vitória a liderança. Logo abaixo, Nuggets e Clippers estão no terceiro e quarto lugar, respectivamente, com Los Angeles sobrevivendo mesmo com Kawhi Leonard lesionado e Denver sem Jamal Murray fora da temporada. Do quinto até o décimo lugar, apenas quatro jogos e meio separam Mavericks, Lakers, Blazers, Grizzlies, Warriors e Spurs. A curta distância se deve pela grande irregularidade que cada equipe viveu no ano.

Os dois únicos sobreviventes no Oeste que ainda brigam pelo play-in da NBA são Pelicans e Kings. Assim como os rivais, as duas franquias também tropeçaram em momentos cruciais da temporada e possuem confrontos diretos como New Orleans enfrentando Golden State ainda mais duas vezes até o fim da temporada regular.

O PLAY-IN

Para esta temporada, a NBA implementou o play-in: mini-torneio entre o 7º e o 10º colocado para definir quem classifica para os playoffs. O sétimo enfrenta o oitavo e o vencedor garante a sétima vaga. Entre o nono e o décimo, o ganhador joga mais uma vez para disputar contra o perdedor da chave a chance de classificação.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top