Atlético-MG

Sampaoli tem absolvição definitiva do STJD pela presença no Mineirão durante suspensão

Foto: Bruno Cantini/ Atlético

O técnico do Atlético-MG, Jorge Sampaoli, foi absolvido definitivamente após ser denunciado pela Procuradoria-Geral do STJD na partida contra o Flamengo, em 8 de novembro do ano passado, por ter cometido infrações. O treinador corria o risco de cumprir suspensão extra na próxima partida, contra o Atlético-GO.

Na partida em que o Galo goleou o rubro-negro por 4 a 0 no Mineirão, Sampaoli estava cumprindo suspensão após receber o terceiro cartão amarelo. Mesmo assim, o treinador argentino estava presente no jogo, no camarote, e foi flagrado utilizando o celular (o que não poderia acontecer, já que havia chances de estar em contato com a comissão técnica alvinegra que comandava a equipe).

Na primeira instância do julgamento, Sampaoli foi absolvido pelos membros do STJD por faltas de provas que o treinador estava se comunicando com Diogo Alves, analista de desempenho do Atlético que estava presente na partida. Por ter perdido a primeira audiência, a Procuradoria entrou com recurso no Pleno Tribunal.

A sentença, que aconteceu nesta quinta-feira (14), teve votação unânime a favor de Jorge Sampaoli. Durante a audiência, o advogado do Galo relembrou a presença de outros treinadores que estavam suspensos no estádio, como Mano Menezes do Bahia e Lisca do América.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top