Santos

Santos sofre penhora milionária na Justiça a favor de Oswaldo de Oliveira

Oswaldo de Oliveira na época do Santos (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
— Continua depois da publicidade —

O Santos sofreu uma penhora milionária no fim da tarde desta segunda-feira. O Esporte News Mundo teve acesso a detalhes do caso. Por determinação do juiz substituto Paulo Cobre, da 2ª Vara do Trabalho de Santos do Tribunal Regional do Trabalho da Segunda Região (TRT-2), R$ 2.104.069,31 das contas bancárias do Peixe estão bloqueados para pagamento de dívida a Oswaldo de Oliveira, ex-técnico na Vila Belmiro.

A determinação da penhora aconteceu, de acordo com o magistrado, “diante da inércia” do Santos para o pagamento da condenação. A homologação deste valor da dívida havia sido proferida pela Justiça no dia 13 de julho deste ano. Além deste valor da penhora de agora, haverá um acréscimo de atualização de juros e correção monetária até a data do efetivo pagamento, já que o montante foi atualizado pela última vez em março deste ano. Cabe recurso contra a penhora.

> Confira a seguir a íntegra da decisão!

“Vistos.

Diante da inércia do reclamado, execute-se o valor remanescente da condenação.

Ao GAEPP.

Determino ao Sr. Oficial de Justiça que realize o bloqueio de valores em contas bancárias on line e demais ativos financeiros do(s) executado(s) identificado(s) no mandado, por meio da ferramenta “SISBAJUD”.

Caso referida ordem extrapole exacerbadamente o valor estimado para satisfação da dívida, ante demonstração pela parte ou constatação pelo juízo, fica desde já autorizada a Secretaria da Varaou o Núcleo de Pesquisa Patrimonial a tomar medidas urgentes para que seja efetuado o desbloqueio do valor excedente.

Se negativa ou insuficiente a diligência supra, deverá ser realizada pesquisa junto ao DENATRAN (RENAJUD) e à ARISP (independente do recolhimento de emolumentos) quanto a eventual existência de veículos e imóveis de propriedade do(s) executado(s).

SANTOS/SP, 28 de setembro de 2020.

PAULO COBRE

Juiz do Trabalho Substituto”

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top