São Paulo

Sem espaço no Braga, Bruno Viana está no radar do São Paulo

O São Paulo segue em busca de um zagueiro para reforçar o seu elenco e o nome da vez é o de Bruno Viana, do Braga, de Portugal. O jogador não faz parte dos planos do técnico Carlos Carvalhal, com quem não teria um bom relacionamento, segundo matéria do UOL.

Aos 26 anos, Bruno Viana surgiu no Cruzeiro e foi negociado com o Olympiacos-GRE, em 2016, por € 2 milhões. Depois de uma temporada no futebol grego, foi emprestado para o Braga-POR e comprado em definitivo após o fim do empréstimo. Pelo time português, Bruno chegou a marca de 150 jogos e viveu bons momentos, mas começou a perder espaço no time com o crescimento de David Carmo e se desentendeu com o treinador, indo para o time B por “falta de atitude”, segundo o clube.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

O defensor foi emprestado ao Flamengo, onde viveu altos e baixos e acabou não se consolidando no rubro-negro, com isso foi devolvido ao Braga. A equipe portuguesa busca um destino para o jogador, que teria revelado o desejo de seguir no futebol brasileiro. David Carmo sofreu uma grave lesão em fevereiro do ano passado e ainda não retornou aos gramados.

Curiosamente, um zagueiro brasileiro, revelado no São Paulo, tem ganhado espaço no time: Vitor Tormena, que fez parte da geração /96 do São Paulo, foi comprado do Gil Vicente, em 2019, e fez mais de 50 jogos pelo Braga nas últimas duas temporadas. Outro ex-Cotia que está no clube é Lucas Piazón, que na temporada passada viveu grande ano, com 11 participações diretas em gols, incluindo um gol na final da Taça de Portugal, contra o Benfica.

Bruno Viana não é o primeiro zagueiro atuando fora do Brasil a entrar na mira do São Paulo, anteriormente o clube já buscou informações sobre Cacá, também formado no Cruzeiro e que atua no futebol japonês. Outro nome, o de Lucas Ribeiro, ex-Inter, Vitória e atualmente no Hoffenheim-ALE, esteve muito perto de acertar um empréstimo para o tricolor, mas o São Paulo recuou na negociação..

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top