Futebol americano

Seahawks seguem reformulação e dispensam Bobby Wagner

Bobby Wagner
Rod Mar/Seattle Seahawks

No mesmo dia da troca de Russell Wilson para o Denver Broncos, o Seattle Seahawks finalizou a dispensa de Bobby Wagner da equipe. O veterano linebacker da franquia tinha contrato até o fim da temporada que irá começar, mas foi informado do seu desligamento da franquia. A mudança faz parte do processo que o time busca em reformular o elenco para a temporada 2022.

Bobby Wagner era um dos pilares defensivos dos Seahawks há anos e é considerado um líder dentro do vestiário da equipe. Como grande nome da equipe, o jogador mesmo acima dos 30 anos vinha sendo fundamental para a equipe. Apesar de uma temporada ruim coletivamente, o linebacker foi novamente destaque para auxiliar a uma recuperação no fim da fase regular.

Com a saída de Bobby Wagner, os Seahawks conseguirão abrir um espaço de 16,6 milhões de dólares (R$ 83,1 milhões na conversão atual) no salary cap da equipe. As mudanças, incluindo a troca de Russell Wilson, proporcionam um maior movimento da equipe na free agency para reforçar e mudar o que não funcionou nas últimas temporadas sob o comando de Pete Carroll.

Bobby Wagner está nos Seahawks desde 2012 ao ser selecionado na segunda rodada do Draft daquele ano. Ao longo de 10 temporadas, o linebacker virou símbolo da equipe, era um dos xodós da torcida e correspondia em campo com atuações que levaram para oito Pro Bowls. Wagner deixa Seattle com 151 jogos, 1383 tackles, nove fumbles recuperados e 11 interceptações. Além disso, o camisa 54 foi campeão do Super Bowl, em 2013.

Livre no mercado, Bobby Wagner agora certamente será muito cobiçado no mercado. Se não ficou em Seattle para ser um dos grandes nomes para liderar a equipe nos próximos anos, o defensor tem mercado na liga para buscar atuações convincentes e alcançar o Super Bowl.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top