Athletico

Secretaria de Saúde dá resposta negativa e esfria retorno do Paranaense

Foto: Divulgação/Coritiba

A Secretaria da Saúde do Paraná esfriou as discussões sobre a volta do Campeonato Paranaense. Questionado pelo Globo Esporte, o órgão se posicionou contra a volta da competição, alegando o recente aumento do número de casos de Covid-19 no estado. Decreto publicado pelo governador nesta terça-feira pode também restringir treinamentos.

Na última sexta-feira (26), os clubes e a Federação Paranaense de Futebol (FPF) se reuniram para decidir sobre a volta do Campeonato Paranaense. Por meio de uma videoconferência, foi decidido que o retorno deveria acontecer até, no máximo, o dia 15 de julho.

A FPF enviou uma proposta de retomada para a Secretaria de Saúde do Paraná, detalhando os protocolos e medidas de segurança que seriam adotados. No entanto, a resposta foi negativa. “O pedido foi recebido e está em análise, no entanto, conforme já informado neste momento de aumento de casos e tratativas sobre novas medidas a serem tomadas no Estado, não há como discutir retomada do campeonato”, disse a Secretaria em resposta ao Globo Esporte.

Medidas restritivas no Paraná

Nesta terça-feira (30), o governador Ratinho Junior intensificou as medidas restritivas em sete regiões do estado, incluindo Curitiba. Dentre outras decisões, o decreto voltou a suspender serviços não essenciais, já que nas últimas 24 horas, o Paraná registrou 36 novas mortes e 1.536 novos casos.

No meio de junho, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba proibiu os treinos na cidade. A medida afetou o Athletico, mas não atingiu Coritiba e Paraná, que treinam na região metropolitana. No entanto, o novo decreto estadual pode suspender os treinos das equipes paranaenses. Dentre os oito clubes que classificados para as quartas de final, apenas Operário e Rio Branco não estão incluídos nas cidades atingidas – o Rio Branco já treinava remotamente.

Os outros seis times – Coritiba, Athletico, Paraná, FC Cascavel, Cianorte e Londrina – devem ter suas atividades presenciais paralisadas. Os municípios podem ou não seguir as indicações do governo do estado, mas de acordo com Ratinho Junior, os prefeitos das principais cidades afetadas estão de acordo com as novas medidas.

Para saber tudo do Campeonato Paranaense, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Vários comentários

2 Comments

  1. Pingback: Treinos presenciais do Coritiba são vetados em novo decreto estadual

  2. Pingback: Punição por doping de Walter chega ao fim neste sábado - Esporte News Mundo

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo