Guarani

Sem contrato renovado, Bruno Lima se despede do Guarani e alfineta diretoria

Bruno Lima se despede do Guarani com 12 partidas e nenhum gol marcado | Crédito: David Oliveira / Guarani FC
— Continua depois da publicidade —

Chegou ao fim, nesta quinta-feira, o ciclo de Bruno Lima com a camisa do Guarani.

Sem atuar profissionalmente há mais de um ano em virtude de ruptura nos ligamentos do joelho, zagueiro não teve contrato renovado após término em 10 de setembro e não faz mais parte do elenco do Bugre para sequência da temporada.

LEIA MAIS: Matheus Cavichioli por Rafael Pin: entenda a troca entre os goleiros do Guarani

Liberado pelo Departamento Médico após longo tempo de tratamento, defensor também atuou pelo Alviverde como lateral-direito sob comando do ex-técnico Vinícius Eutrópio, e participou de 12 jogos na Série B do ano passado.

Bruno esteve presente nos últimos treinamentos presenciais junto ao plantel há cerca de um mês, mas era, até a saída de Thiago Carpini, a última opção do elenco.

“Foram um ano e cinco meses defendendo essa instituição, esse escudo e essa belíssima história que o clube tem. Dias de muito sorrisos, alegria, mas também dias de muitas noites de sono perdido, de choros por derrotas, injustiças e erros. Agradeço pela oportunidade que me concedeu em defender essas cores”, escreveu Bruno Lima, em post no Instagram.

“Um clube, uma torcida, uma nação e uma cidade que sempre estarão em meu coração. Por aqui tive dias felizes, mas muito dias felizes. E também tive dias de dores e tristezas. Onde tive a pior lesão da minha vida, mas tive o maior aprendizado que poderia ter”, acrescentou.

NA BRONCA

Nas redes sociais, Lima, contudo, não escondeu insatisfação com decisão do Conselho de Administração em não prorrogar o vínculo.

“A renovação só iria ter com minha resposta técnica. (como desfiar do que já foi feito. Se desconfia disso, automaticamente desconfia do trabalho que foi feito para minha recuperação). Enfim… para ter a resposta técnica, teria que ter a oportunidade, mas ela não foi dada”, criticou o jogador.

“Não aceito, difícil engolir, mas respeito. Respeito, comprometimento e profissionalismo foi o que eu mais tive dentro do clube com todos. Obrigado ao Departamento Médico em geral e todo staff por toda atenção e por fazerem eu voltar a fazer o que mais amo”, completou.

OPÇÕES

Sem Bruno Lima, time campineiro fica com Bruno Silva, Didi, Romércio, Victor Ramon e Walber à disposição na defesa.

Um comentário

Um comentário

  1. Pingback: Sem contrato renovado, Bruno Lima se despede do Guarani e alfineta diretoria | DF MANCHETES

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo