Campeonato Paulista

Sem futebol, Ponte Preta perde seguidores pelo segundo mês consecutivo

Ponte Preta perde 334 seguidores nas redes sociais em maio

Sem futebol há praticamente três meses, a Ponte Preta tem passado apertado quando o assunto é redes sociais.

Em meio à paralisação do esporte nacional em virtude da pandemia do novo coronavírus, Macaca registrou, pelo segundo mês consecutivo, queda no número combinado de seguidores em quatro redes sociais.

Com prejuízo milionário na quarentena, time campineiro não tem tido bom desempenho, enquanto a bola segue parada, na somatória de Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Em conformidade com os dados do Ranking Digital de Clubes, divulgado mensalmente pelo Ibope/Repucom, Nega Véia perdeu 334 adeptos em maio – a pesquisa é publicada para acompanhar o desenvolvimento das bases digitais dos times do país.

Apesar de ter agitado a PonTV, um dos principais meios de comunicação da instituição, a Ponte viu queda de 0,05% dos fãs. Por outro lado, contabiliza 584.657 seguidores, ainda em 28º lugar, à frente do Náutico e atrás do Avaí.

Em maio, o Departamento de Marketing trouxe interações ao canal do YouTube com reprise de partidas históricas (Guarani e Náutico), apresentação dos três primeiros reforços aos sócios-torcedores e um bate-papo com colecionadores de camisas, o que rendeu interação e ganho de 500 inscritos.

Além da Ponte, outros 13 clubes do país perderam seguidores no período. As maiores ‘defasagens’ foram registradas por Chapecoense (5.567), Red Bull Bragantino (3.565), Íbis Sport Club (2.836), Red Bull Brasil (2.269) e Audax Osasco (2.034).

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top