Fluminense

Sem Luccas Claro, Fluminense tem novas opções para zaga

Luccas Claro é peça chave para resultado positivo para o Fluminense no próximo jogo
FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Nesta quarta-feira (3), Luccas Claro, zagueiro do Fluminense desde 2019, pediu a rescisão do contrato para voltar a jogar na Turquia. Além disso, nos últimos jogos ele não era titular, na equipe de Fernando Diniz, somente na ausência de Nino ou Manoel. Com isso, as opções para a posição voltam a ser nomes que não vinham sendo utilizados.

Entretanto, depois de anunciar a saída de Luccas Claro, que fez 118 jogos, o Fluminense aproveitou para agradecer ao atleta pela contribuição em campo, em postagem nas redes sociais.

– Todo o nosso carinho e gratidão ao zagueiro que honrou e lutou por nossas cores ao longo dos 118 jogos em que atuou pelo clube. Entre tantos momentos especiais, foram gols em clássicos, conquistas e grande identificação com o Flu. Valeu demais, Guerreiro! – publicou.

+Fluminense x Cuiabá: mais de 26 mil ingressos vendidos para jogo pelo Brasileirão

Possíveis substitutos para vaga de Luccas Claro

Em primeiro lugar, na temporada de 2022, apenas dois zagueiros entraram em campo só uma vez, Matheus Ferraz e Luan Freitas, jovem que está vindo das categorias de base do clube. Além disso, David Braz, atuou em 26 partidas e marcou um gol, está em transição, após ter uma lesão na coxa direita. 

Agora, Manoel, vive uma boa fase e é o zagueiro artilheiro, só nesta temporada, ele já entrou em campo 32 vezes e coleciona 6 gols. O Fluminense ainda conta com o David Duarte, que até agora fez 9 jogos, em 2022.

Por fim, o Fluminense volta a campo no próximo domingo (07), pelo campeonato brasileiro, contra a equipe do Cuiabá, às 16h, no Maracanã. O Tricolor está com 37 pontos e ocupa a terceira posição na tabela, já o auriverde abre a zona do rebaixamento com apenas 20 pontos.

Para saber tudo sobre o Brasileirão, siga o Esporte News Mundo no Twitter, FacebookeInstagram.

+Fluminense não terá André e Caio Paulista contra o Cuiabá

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top