Mais Esportes

SESI – SP atropela Vôlei Renata e vai às semifinais

FOTO: SESI - SP

Jogando diante da sua torcida e contando com noite mais do que inspirada do oposto Darlan, o SESI – SP avançou para as semifinais da Superliga Masculina 2021/22 ao vencer o Vôlei Renata por três sets a zero, parciais de 25 a 23, 25 a 23 e 25 a 14. Darlan, foi o maior pontuador da partida com dezesseis pontos. O troféu Viva Vôlei ficou com o líbero Douglas Pureza.

PRIMEIRO SET E A PROMESSA DE EQUILÍBRIO

Último e decisivo jogo para as equipes, valendo vaga para a semifinal da Superliga, SESI – SP e Vôlei Renata entraram em quadra concentrados. Diante das dificuldades impostas pelos adversários, ambos os times conseguiam se sobressair com o seu ataque.

O equilíbrio permaneceu até a metade final do set, onde a relação saque e bloqueio da equipe da casa fez a diferença. Darlan, o destaque da partida, desequilibrou não apenas na virada de bola mas também no saque, dando a vantagem mínima para o SESI – SP que não desperdiçou e fechou a parcial em 25 a 23.

SEGUNDO SET ESPETACULAR

O segundo set começou da mesma forma que a primeira parcial: com muito equilíbrio. Douglas Pureza e Alê, líberos da partida, varriam o fundo de quadra e davam show. A partir do décimo ponto, as coisas começaram a desandar para os comandados de Anderson Rodrigues. Victor Birigui, Darlan e Éder desperdiçavam chances de pontuar e com isso o Vôlei Renata ia abrindo vantagem.

O set chegou a ter uma vantagem de cinco pontos para os visitantes mas que, em boa passagem de Éder e com a inversão de rede promovida por Anderson com a entrada e PV e Mateus, viu a vantagem se desfazer e mais do que isso, se transformar em vantagem para os donos da casa, que com show de Darlan, fecharam a segunda parcial em 25 a 23 após uma virada incrível.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

O terceiro set foi de domínio absoluto dos garotos do SESI – SP. Com a vantagem no placar, os paulistanos arriscavam no saque e colocava a equipe da cidade de Campinas em grande dificuldade. O oposto campeão olímpico Evandro, em noite pouquíssimo inspirada, não conseguia ajudar. Adriano, limitado por uma lesão no tornozelo, Lucão e Damian González tentavam manter o time vivo.

Mas, do outro lado, a garotada do SESI – SP estava imparável. Tudo dava certo para os donos da casa que, abriram grande vantagem para não perder mais. Final de set, 25 a 14 e três sets a zero.

O SESI – SP agora encara o Sada Cruzeiro, com vantagem de mando de quadra para a equipe mineira, que ficou em segundo na fase de classificação da Superliga.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top