Palmeiras

Sete anos de Allianz Parque: Confira as maiores goleadas da arena

Palmeiras Allianz Parque
Scarpa e Gómez comemoram gol na maior goleada do Allianz Parque, ocorrida neste ano Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Nesta sexta-feira (19), o Allianz Parque, estádio do Palmeiras, está completando sete anos da sua inauguração. No dia 19 de novembro de 2014, o Verdão acabou sendo derrotado pelo Sport Recife por 2 a 0, na primeira partida oficial da arena. De lá para cá, foram muitos gols, vitórias inesquecíveis e quatro títulos conquistados ali.

Copas do Brasil 2015 e 2020, Brasileirão 2016 e Paulistão 2020 foram os campeonatos que o Verdão ganhou atuando lá na partida decisiva. No total, foram 217 jogos de futebol, com 138 vitórias, 42 empates e 37 derrotas, o equivalente a um aproveitamento de 70%. Destes tantos jogos, obviamente ocorreram muitas goleadas neste período. A maioria delas ocorreu na duas últimas edições de Libertadores, sem a presença da torcida no estádio por conta da pandemia de Covid-19. Confira agora as oito maiores goleadas da casa alviverde, ocorridas em partidas oficiais de futebol profissional masculino.

Palmeiras 6 x 0 Universitario (PER)

A maior delas está bem fresca na memória dos palmeirenses, já que ocorreu neste ano de 2021, em 27 de maio. Com um jogador a mais desde os primeiros minutos, o Verdão fez 6 a 0 no Universitario (PER), na última rodada da fase de grupos da Libertadores. Viña, Zé Rafael, Gustavo Gómez, William e Rony (duas vezes) balançaram as redes dos peruanos.

Palmeiras 5 x 0 Independiente Del Valle (EQU)

Um mês antes, mais um placar elástico da equipe comandada por Abel Ferreira. Os campeões da Sul-americana de 2019 foram surpreendidos e tomaram um 5 a 0, com dois gols de Rony, um de Luiz Adriano, além de Patrick de Paula e Danilo Barbosa. O duelo também foi válido pelo grupo A da atual edição da Libertadores.

Palmeiras 5 x 0 Delfín (EQU)

Na Libertadores passada, o Verdão classificou-se para as quartas-de-final com chave de ouro, goleando o modesto Delfín (EQU). No início da era Abel Ferreira, Patrick de Paula, Gabriel Verón (duas vezes), Wiiliam e Danilo foram os autores dos gols. No futuro, a equipe seria campeã da competição.

Palmeiras 5 x 0 Tigre (ARG)

Em 21 de outubro de 2020, a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores foi confirmada contra o Tigre (ARG). Já sem Vanderlei Luxemburgo, que havia acabado de ser demitido, Andrey Lopes comandou a equipe que massacrou adversário. Os gols foram de Raphael Veiga, Gustavo Gómez, Zé Rafael, Gabriel Verón e Rony.

Palmeiras 5 x 0 Bolívar (BOL)

Com Luxemburgo em seus últimos atos como treinador do clube, em 30 de setembro de 2020, a equipe passou fácil pelo Bolívar (BOL). Pela penúltima rodada do grupo B, William, Wesley, Viña, Raphael Veiga e Rony fizeram os gols, Este último, inclusive, anotou o seu primeiro gol com a camisa alviverde, depois de passar por muitos questionamentos desde que havia sido contratado. Até aqui, todas estas partidas foram disputadas sem a presença de público, devido a pandemia de Covid-19.

+Quem é a palmeirense que “encantou” até são-paulinos no Allianz Parque e é seguida por Neymar? Confira

Palmeiras 5 x 0 Novorizontino

Com a classificação paras as semifinais do Campeonato Paulista encaminhada após ter vencido o primeiro jogo, o time goleou o Novorizontino com muita tranquilidade no Allianz Parque. Bruno Henrique, Keno, William, Dudu e Papagaio garantiram a classificação do time comandado por Roger Machado.

Palmeiras 5 x 1 Sport Recife

O algoz da abertura da arena acabou sofrendo no Brasileirão de 2017, tomando um 5 a 1 do time de Alberto Valentim. Deyverson (duas vezes), Dudu, Keno e Luan fizeram a alegria dos mais de 18 mil torcedores presentes.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Palmeiras 5 x 1 Sampaio Corrêa

Esta aqui, aparentemente, parece ter sido uma partida tranquila. Entretanto, foi tensa até o começo da segunda etapa. Após um empate na ida da segunda fase da Copa do Brasil 2015, o Verdão levou um gol aos 24 minutos, e só foi conseguir empatar no segundo tempo, em cabeçada do zagueiro Vitor Hugo. Depois, a tensão virou alívio, com Cristaldo, Zé Roberto (duas vezes) e Kelvin confirmarem o Alviverde na próxima fase.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top