Mais Esportes

Djokovic supera Nadal e se torna o primeiro tenista a eliminar o espanhol na semi de Roland Garros

Djokovic Nadal Roland Garros
Foto: Divulgação/Roland Garros

FIM DA DINASTIA! Pela primeira na história, Rafael Nadal, da Espanha, foi eliminado de Roland Garros depois das quartas de final da competição. O sérvio Novak Djokovic é o dono desse novo feito no circuito mundial da ATP, que derrotou o ‘rei do saibro’ por 3 sets a 1 (3/6, 6/3, 7/6 e 6/2). O 58º encontro dos atuais finalistas foi realizado na tarde desta sexta-feira (11), na Phillipe-Chatrier, quadra principal do complexo do Grand Slam parisiense.

Em quase uma hora de duelo no primeiro set, Nadal chegou a abrir 5/0 em cima do cabeça de chave número um de Roland Garros. Apesar do placar, a partida foi muito disputada e alguns games passaram de sete minutos de duração. Após emplacar uma bela curtinha, Djokovic confirmou o primeiro game de serviço e diminuiu a diferença. Embalado, o sérvio concluiu três games consecutivos e salvou seis set points até o fechamento, em 6/3 para o rei do saibro.

Djoko voltou para o segundo set com sangue nos olhos e quebrou o saque do Touro Miura rapidamente. Entretanto, Nadal reagiu e encostou no sérvio, mas a a igualdade logo se desfez. Durante o sexto game, Nole teve três chances de fazer 4/2 e conseguiu a quebra na terceira oportunidade. Para fechar o set e empatar a partida, o detentor de 18 Grand Slams teve que se recuperar dentro do game.

Depois de mais de 1h30 minutos de montanha-russa, o placar do confronto voltou a ter um líder. Decidido no detalhe, o terceiro set da segunda semifinal de Roland Garros chegou a ser levado para o tie-break, o qual Novak Djokovic foi superior e garantiu a virada em 7-4. O público presente na Phillipe-Chatrier seria retirado ao fim deste set devido ao toque de recolher de Paris, entretanto, em acordo com as autoridades francesas, a organização do Grand Slam conseguiu que os torcedores permanecessem até o fim da partida.

O Touro Miura voltou para o set de sobrevivência muito bem e confirmou a quebra na primeira oportunidade. Desta maneira, Nadal manteve o mental firme, fez 2/0 e esboçou uma reação que viabilizaria um quinto set. Motivado e inteiro em todas as devoluções, Djoko correu atrás do prejuízo, acabou com a diferença e abriu 3/2. Antes do sexto game, Rafael Nadal chegou a pedir atendimento do fisioterapeuta da ATP para refazer a proteção no pé esquerdo. Sem problemas visíveis, o espanhol não se encontrou no jogo e foi surpreendido pela solidez de Nole. Após a vitória de seis games consecutivos, o líder do ranking mundial liquidou o 58º duelo no 6/2 e garantiu a última vaga na grande decisão do Aberto da França.

Agora, Novak Djokovic tem pela frente o grego Stefanos Tsitsipas, que derrotou Alexander Zverev na semifinal. A final da chave masculina de Roland Garros está marcada para este domingo, 11, às 10h. Caso vença, o sérvio encostará em Roger Federer e Rafael Nadal em conquistas de Grand Slam. No momento, o campeão de 2016 soma 18 títulos, enquanto os rivais têm 20 cada. Além da possibilidade de erguer o 19º Major, o atual campeão do Australian Open poderá ser o primeiro tenista da Era Aberta a ter, pelo menos, duas conquistas de cada GS.

Confira como foi o tempo real da semifinal em Roland Garros entre Rafael Nadal e Novak Djokovic:

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

As últimas

To Top