Vasco

‘Somos muito amigos fora de campo’, diz Bruno Gomes sobre amizade com Gabriel Pec

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco

Em coletiva realizada no canal do YouTube da Vasco TV na noite desta terça-feira (28), os meias Bruno Gomes e Gabriel Pec, foram entrevistados e falaram sobre a grande relação de amizade de ambos dentro e fora do clube, além de questões sobre renovação de contrato e o trabalho para o ano de 2020 sob o comando de Ramon Menezes.

RELAÇÃO DE AMIZADE ENTRE OS DOIS

GABRIEL PEC: É muito importante essa nossa amizade, dentro e fora de campo. Dentro de campo ajuda muito pelo fato da gente se conhecer bastante e os treinadores sempre viam isso, que somos muito juntos e sempre ficavam brincando com a gente, falavam que iam tentar separar a gente. Mas era só brincadeira, porque dentro de campo a gente sempre levava muito sério e sempre procurava ajudar o Vasco da melhor maneira possível.

BRUNO GOMES: Sempre foi bom esse relacionamento, fora que ajudou bastante dentro de campo. Os treinadores também foram de muita importância que deram conselhos para gente e pegamos quando a gente subiu. O Luxemburgo foi um treinador de peso, ele pôde dar conselhos sobre nossa vida e carreira, depois o Abel e agora o Ramon que tem uma história linda no Vasco. Ele também acompanhava muito a base, então já conhece muito a gente, acho que isso também ajuda bastante. E como o Pec disse, nossa relação dentro de campo é muito melhor porque somos muito amigos fora.

RENOVAÇÃO

BG: Saíram coisas que não aconteceram. Falaram até que briguei e não foi isso, foram coisas normais de uma renovação. Minha relação com meu empresário é boa, podem ter jogadores que não têm essa relação boa, existe de todo o tipo, mas acho que tenho que pensar em mim. Ele me ouve, eu escuto ele bastante, a gente conversa, a minha família também é muito dentro disso, me ajuda bastante. Ele me ajuda no meio do futebol, mas a decisão final sempre quem toma sou eu.

GP: Minha relação com o empresário também é muito boa, a gente sempre conversa e vê o que é melhor pra gente e para o Vasco também. Fico muito feliz em ter renovado, vejo que o Vasco torce muito por mim e acredita no meu potencial, agora espero contribuir dentro de campo.

2020 COM RAMON

GP: Me vejo fazendo um grande ano, o Ramon nos acompanha desde a base e sabe do nosso potencial, ele sempre conversava bastante comigo. Quando eu subi, ainda era o Luxa no comando e depois o Abel. Após os treinos eu ficava com ele (Ramon), sempre me dava conselhos e hoje ele está aí assumindo o Vasco. Ele falou que confia muito no meu potencial e se Deus quiser vou fazer um excelente Brasileirão esse ano.

BG: Também estou muito focado para esse ano, vai ser um grande ano, grandes jogos. Essa pandemia não foi boa para ninguém, mas a gente pôde pensar bastante, refletir muito para esse Brasileiro e também tivemos muito tempo para se preparar. Espero fazer um grande ano e que o Vasco consiga ir muito bem nesse Brasileiro, também tem a Sul-Americana e a Copa do Brasil.

MUDANÇA DE 2019 PARA 2020

BG: Muda muita coisa, a partir do momento que você inicia o ano no profissional é diferente, a cobrança é maior. Fora de campo também a cobrança vai ser maior e eu tenho consciência disso e são coisas que vamos pagar pelo nosso sonhos, são coisas boas. Eu estou vivendo um sonho, então estou muito feliz com tudo que está acontecendo e ser profissional no Vasco da Gama está sendo muito gratificante pra mim.

FORMA FÍSICA

GP: Todo dia antes do treino chego mais cedo pra fazer academia, estou trabalhando bastante, porque eu vejo que preciso ganhar massa muscular para poder sobressair como era no sub-20. Agora é continuar trabalhando para fazer um grande Brasileiro, Copa do brasil e tentar buscar esses títulos que vão ser muito importantes para gente.

EVOLUÇÃO E BUSCA PELA TITULARIDADE

GP: Estou buscando pegar massa muscular e me fortalecer, dentro de campo estou conversando com os mais experientes, com o Ramon, para eu me posicionar melhor, para eu poder pegar a bola de frente, ir para cima dos adversários, que é meu ponto forte, ao invés de ficar pegando a bola de costas e tomando pancada toda hora. Está dando bastante resultado nos treinos e espero poder levar isso para o jogo que é o mais importante.

BG: Tento melhorar muito esse ritmo de jogo do profissional que não é fácil. Eles são muito experientes, quero pegar um pouco dessa experiência cada vez mais. Também estou tentando melhorar o estilo de jogo como o Ramon pede, é um pouco diferente do Abel e busco melhorar cada vez mais para quando ele precisar eu estar pronto.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top