Campeonato Brasileiro

Sylvinho aponta chateação com sistema defensivo do Corinthians: “Não fomos eficazes”

Sylvinho analisa derrota do Corinthians para o Flamengo
Foto: Agência Corinthians

Neste domingo (01), o Corinthians voltou a perder no Campeonato Brasileiro atuando na Neo Química Arena, em São Paulo. Desta vez, o adversário foi o Flamengo, que tem causado problemas ao alvinegro atuando na capital paulista. O resultado terminou em 3 a 1 e não agradou ao técnico corintiano Sylvinho.

“Foi um primeiro tempo muito ruim, apático, não estivemos bem no jogo, não porque não quisemos, mas estivemos mal no jogo. Isso nos custou praticamente a partida. Com três gols (em desvantagem), você fica em uma situação muito desprivilegiada para voltar ao segundo tempo”, admitiu o comandante do Timão.

“É um adversário bem qualificado, com grandes jogadores, mas nosso primeiro tempo não foi bom. Com pouca força de marcação, não conseguimos ter a bola e atacar o adversário. Isso infelizmente praticamente deu o resultado ao Flamengo. Realmente foi uma atuação muito ruim”, analisou Sylvinho ressaltando a qualidade técnica do rubro-negro.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Questionado sobre a possibilidade de perder o cargo, o treinador se esquivou do assunto e confessou que o desempenho dentro de casa não tem agradado a comissão técnica. “Nós entendemos que o campeonato é bastante difícil. Realmente nos incomoda as partidas dentro de casa, onde não temos tido resultados favoráveis, mesmo em um período de construção do time. Nós vamos continuar trabalhando para melhorar nossa performance em casa e no campeonato”, disse.

O treinador também destacou o empenho dos jogadores do Corinthians na segunda etapa, mesmo com a derrota praticamente confirmada. “Corinthians é Corinthians, é não desistir, lutar e se entregar. Tem se entregado, tem sido uma equipe organizada. Às vezes não ganha. Hoje foi o contrário, não tivemos força ofensiva e nem defensiva. Ficamos expostos muito tempo. Pode ser a qualidade do adversário, mas para mim isso não quer dizer tudo. Poderíamos ter feito um primeito tempo muito melhor”, complementou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top