Corinthians

Sylvinho fala sobre dificuldades do Corinthians e nega previsibilidade da equipe em derrota no Majestoso

Sylvinho durante partida contra São Paulo na noite de segunda-feira (18). Foto: Alexandre Schneider / Getty Images.
Sylvinho durante partida contra São Paulo na noite de segunda-feira (18). Foto: Alexandre Schneider / Getty Images.

Em entrevista coletiva após derrota por 1 a 0 para o São Paulo, Sylvinho falou sobre a atuação abaixo da equipe. O técnico do Corinthians atribuiu às dificuldades na partida ao início ruim do Timão e que culminou no gol da vitória do São Paulo, em cruzamento de Reinaldo para Calleri, com apenas sete minutos no marcador.

– Todo mau momento durante uma partida de futebol se paga, paga caro. Tivemos os primeiros dez minutos com uma dificuldade da qual todos nós entendemos, não é só uma questão de rotação, não, é uma questão de duas ou três jogadas agudas do São Paulo, tínhamos isso claro em estratégia de jogo, sabíamos que o Reinaldo tinha passagem forte e chegamos a treinar isso. Foram dez minutos que o adversário esteve melhor que nós, e isso custa bastante. Qualquer momento da partida em que você esteja um pouco abaixo, pode custar caro. O campeonato é equilibrado, as forças se equivalem. – analisou.

Durante coletiva, Sylvinho foi questionado também sobre uma possível previsibilidade da equipe. Nas últimas partidas, o Corinthians além de repetir o mesma esquema tático, realizou as mesmas alterações e variações de posição, como foi o caso da entrada de Jô. O técnico negou que o time tenha um futebol previsível.

– Com relação a construção, parte sim, tivemos uma dificuldade maior. O adversário vai tirando suas possibilidades. Ele vai cortando linha de passe, tirando jogador que faz a primeira parte do jogo, mas não, longe do time ser previsível. Pelo contrário, estamos buscando esse time, está aberto o cenário. Trocas de atletas têm ocorrido, com características diferentes, haja visto que era o Jô na frente e Róger do lado. Nesse tripé de meio de campo Giuliano e Renato têm dado bastante para a gente em nível técnico, a presença do Cantillo, também. Em outro momento foi Gabriel. – afirmou Sylvinho.

Do lado corintiano, um dos pontos que chamaram a atenção na partida foram as poucas finalizações e baixo poder ofensivo da equipe. O Corinthians teve dez finalizações, mas apenas duas foram no alvo. Sylvinho citou o bom começo do São Paulo mais uma vez e falou que a busca é por uma melhora na performance.

– Parte dela é essa primeira construção, o adversário te tira, passa a linha, temporiza e vai marcar no seu espaço. Nós também muitas vezes fazemos isso, são estratégias, o jogo é muito equilibrado e difícil. Sim, melhorá-la, é nossa função, nosso papel, não estamos contentes, queremos buscar melhor performance, melhor momento dos atletas, vamos buscar soluções para os próximos jogos já.

– Estamos buscando melhorar nossa performance em nível de construção, o adversário tem leitura e vai buscar que você não desenvolva. Não esperamos o Corinthians entrar em campo e ter um performance de fazer quatro ou cinco gols. Estamos buscando performance. – completou o técnico do Timão.

O próximo compromisso do Corinthians é no domingo (24), às 16h, horário de Brasília, contra o Internacional. O Timão vai até o Estádio Beira-Rio buscar a vitória fora de casa pela vigésima-oitava (28ª) rodada do Brasileirão 2021.

Para saber mais e acompanhar tudo sobre seu time do coração, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top