Santos

Tardelli diz que teve carro depredado e foi ameaçado após eliminação: ‘Falavam que eu ia morrer’

Tardelli
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos acumulou mais uma eliminação na noite da última terça-feira (14), após ser derrotado pelo Athletico-PR. Após a partida, a torcida do Alvinegro protestou em frente à Vila Belmiro. Entretanto, minutos depois, a insatisfação passou dos limites. Diego Tardelli relatou ter sido ameaçado após o jogo e ter seu carro depredado.

QUER FICAR POR DENTRO DE TUDO SOBRE O PEIXE? ENTÃO SIGA O ESPORTE NEWS MUNDO NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK. E NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

– Fomos eliminados, muito triste. Mas o que eu quero contar é uma cena de terror que eu acabei de passar, que eu nunca passei na minha vida e jamais imaginaria que um dia eu fosse passar por isso. Estava chegando aqui próximo ao meu hotel. Acredito que uns três ou quatro carros já estavam me seguindo. Até eu parar no sinal e nisso dois ou três carros me fecharam. Não tinha para onde correr. Começaram a quebrar meu carro, chutar, amassar. Falavam que eu ia morrer. Aquela tortura que eles fazem quando as coisas não vão bem. Isso me deixou extremamente triste, chateado – disse Tardelli.

– Acredito que eram, pelo que eu vi rápido, contando alto, em torno de 10 pessoas, torcedores. Dez vândalos. Torcida tem todo direito de cobrar. A fase do time realmente não é das melhores, mas isso não justifica. Infelizmente. Passar pelo que eu passei, durante 15 anos de carreira, é muito triste passar por isso. Se a torcida quiser ir no CT, qualquer lugar cobrar, xingar. Mas agredir, quebrar carro, tacar o terror, isso não cabe mais no futebol – continuou o atacante do Santos

– E não adianta porque não vai ter nenhuma punição. Poderia ter acontecido qualquer coisa comigo. Não tinha ninguém do lado. A sorte é que eu encontrei um policial no caminho do hotel e eles me escoltaram – completou Tardelli.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O PEIXE:

+Torcida do Santos protesta após eliminação na Copa do Brasil

+Santos irá à CBF protestar após Andreas Pereira atuar na Vila Belmiro sem cumprir quarentena

+Presidente do Santos nega erro médico no processo de recuperação de Marinho

+Jean Mota lamenta desfalques do Santos e pede desculpas à torcida: ‘Sabemos que precisa melhorar muito’

+Marinho fala de cirurgia, cita erro médico e não garante permanência em 2022

Antes da partida, o camisa 99 do Peixe havia postado um storie, também em seu Instagram, dizendo que “aquele friozinho na barriga voltou”, quando mostrava a festa da torcida na chegada do ônibus do Santos.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top