Futebol Internacional

Tevez se posiciona contra a volta do futebol: “É difícil voltar enquanto os hospitais estão colapsados”

Foto: Reprodução/AFA

Na última semana circulou nas redes sociais uma foto de Carlitos Tevez reunido com alguns fãs. A imagem gerou polêmica, pois o atacante aparece sem máscara e desrespeitando a distancia obrigatória, já que os torcedores estavam aglomerados. Por conta da repercussão, o jogador saiu em sua defesa em entrevista ao canal argentino América.

Carlitos explicou que estava em sua propriedade e por isso não utilizava máscaras. O camisa 10 do Boca Juniors também disse que foi apenas uma foto rápida.

Nessa mesma entrevista, o jogador reforçou sua opinião a respeito do retorno do futebol na Argentina. “Tenho minha opinião, tem muita pressão de todos os lados. O futebol tem muitos negócios, mas havendo pessoas doentes e morrendo é difícil. É difícil voltar agora com os hospitais colapsados. Não podemos sair dessa realidade, para mim não é o momento de voltar.”

Retorno da Libertadores

Com o retorno da Copa Libertadores marcado para setembro, os clubes argentinos pressionaram a AFA e a Conmebol para um adiamento dessas datas, visto que ainda não estão treinando e seria uma desvantagem comparado com times de outro países.

Por essa situação, o Governo argentino, juntamente com a AFA destinaram o dia 10 de agosto, como a provável data de retorno do futebol no país. Neste dia, somente estariam liberados os treinamentos, já os campeonatos internos não possuem uma data exata para retorno. Tevez também comentou a respeito

“Se não pudermos treinar aqui em 10 de agosto, a data da Conmebol vai mudar. O clube e a AFA sabem que não podemos queimar etapas. Não me preocupo com isso, somente que as pessoas estejam saudáveis, que isto passe rápido e que volte a normalidade. Não me preocupa que a Conmebol escolha a data, é uma tentativa. Se não voltarmos a treinar, vai ser difícil que a gente jogue.”

O craque argentino ainda revelou que seus sogros contraíram o vírus e inclusive ficaram internados. Tevez fez um apelo “Tem que se cuidar, fazer o possível para que isto passe rápido.”

Ainda que seja contra o retorno do futebol, Carlitos deixou claro “Isto é organizado entre a AFA e os clubes. Se Boca diz que tenho que se apresentar, voltamos a Buenos Aires.” explicou o atleta que faz a quarentena fora da Capital Portenha.

LEIA MAIS

Ministro do Esporte da Argentina estuda possível data para a volta do futebol nacional

Províncias trabalham por volta do futebol na Argentina: ‘Temos condições de receber esses jogos’

Para saber tudo sobre Futebol Argentino, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook!

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: AFA realiza reunião para decidir retorno dos treinamentos na Argentina

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top