Lutas

Thiago Marreta admite ter sentido ‘medo’ em volta ao UFC após cirurgias

Thiago Marreta
(Photo by Rey Del Rio/Getty Images)

Thiago Marreta fará neste sábado (6) sua segunda luta no UFC desde que retornou de cirurgias nos joelhos sofridas após a derrota para Jon Jones. O brasileiro terá pela frente o austríaco Aleksandar Rakic no UFC 259.

Marreta retornou ao octógono contra Glover Teixeira, uma luta na qual chegou a ter bons momentos, mas acabou derrotado pelo compatriota. Além da derrota, o duelo também o fez sentir coisas que jamais pensou sentir antes de lutar: sentimentos de medo e de dúvida.

— Durante o camp, tive muita ansiedade, misturada com dúvida, medo de lesionar o joelho de novo. Ainda estava me recuperando, fazendo fisioterapia, era um momento diferente. Agora, só estou focado em treinar e meu joelho já está 100% – declarou Marreta ao MMAFighting.

O receio de se lesionar novamente também influiu na estratégia de luta. Thiago Marreta apostou pouco nos chutes contra Glover, atribuindo a isto uma espécie de ‘bloqueio mental’ derivado do temor de novos problemas que o tirassem por mais tempo de ação.

— Durante a luta inteira, eu só dei um chute. E eu costumo chutar muito, fiquei mais no boxe. Acho que era um bloqueio mental, um ano e meio fora, aquilo tudo fez diferença. Agora, sei que tudo ficou normal de novo e posso fazer de tudo no octógono. Eu precisava viver essa experiência de novo. Precisava sentir a adrenalina de entrar no octógono, era o que eu precisava para sentir que eu tinha voltado. Precisava disso e agora sinto que estou de vez pronto – disse o brasileiro.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook!

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top