Corinthians

Tiago Nunes tem início inferior às sete primeiras rodadas de Carille em 2019

Tiago Nunes Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
— Continua depois da publicidade —

O Corinthians de Tiago Nunes ainda não engrenou no Campeonato Brasileiro. Oscilando nos resultados e na maneira de jogar, o alvinegro soma nove pontos em sete rodadas disputadas e ocupa a 11ª colocação da competição. São duas vitórias (Coritiba e Goiás), três empates (Grêmio, Fortaleza e Botafogo) e duas derrotas (Atlético-MG e São Paulo) até o momento.

Em comparação com as sete primeiras rodadas do Brasileirão de 2019, o Corinthians tem um começo inferior nos resultados. O time comandado por Fábio Carille teve três vitórias (Chapecoense, Athletico-PR e São Paulo), três empates (Vasco, Grêmio e Cruzeiro) e uma derrota (Bahia, na estreia), com 12 pontos no total, três a mais que em 2020.

Se nos resultados há leve superioridade do time de Carille, no futebol jogado ambos são semelhantes no quesito críticas. Em 2019, o Corinthians sofria poucos gols, sendo quatro (três do Bahia) nas sete primeiras rodadas, mas tinha sérias dificuldades de criar e finalizar em gol. O setor de meio-campo era apático e o ataque pouco produtivo de forma geral.

Já em 2020, os problemas maiores estão na defesa. São 10 gols tomados até o momento, o que torna o Corinthians a terceira pior do campeonato, atrás apenas do Bahia e Red Bull Bragantino, que sofreram 12 e 13, respectivamente. O maior questionamento está no lado esquerdo do sistema defensivo, que já teve diversas falhas individuais e coletivas no espaço entre Danilo Avelar e Sidcley.

O ataque soma 11 gols, o segundo melhor, atrás somente do Internacional (13) e empatado com o Flamengo, Vasco da Gama e Atlético-MG. Jô é o artilheiro, com três tentos. Apesar da quantidade boa de gols, problemas passados estão voltando aos poucos: o Corinthians está com dificuldades de criar e se impor. Contra o Botafogo, o time finalizou apenas uma vez no primeiro tempo, que foi na cobrança de pênalti de Fagner. Com a bola rolando, nada de chutes no alvo. No segundo tempo houve evolução, mas longe do ideal.  

Portanto, além das questões negativas da parte defensiva, o sistema ofensivo também começa a sofrer com problemas crônicos. Tiago Nunes já balança e está longe de ser unanimidade entre os torcedores. Caso não vença o jogo seguinte, será ainda mais questionado, principalmente pelo sistema pobre taticamente apresentado nos últimos jogos.

O próximo embate será o clássico contra o Palmeiras, na quinta-feira (10), às 19h15 (de Brasília), na Neo Química Arena.

*vale ressaltar que o Corinthians está com um jogo a menos em relação a outros clubes no Brasileirão 2020, assim como aconteceu em 2019.

Leia também: Pressionado, Tiago Nunes pode estar à prova de fogo no clássico

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo