Futebol Internacional

Título da Nations coloca Deschamps em galeria histórica da seleção francesa

Foto: Daniel Mihailescu - Pool/Getty Images

Com uma vitória por 2 a 1 sobre a Espanha, neste domingo (10), em Milão, na Itália, a França garantiu mais uma taça para a sua galeria: a Nations League. Novamente o título da seleção francesa coroou um trabalho bem realizado pelo técnico Didier Deschamps, que ampliou suas conquistas com a seleção, chegando agora a quatro taças conquistas. São duas como jogador e duas como treinador. Cada vez mais, Deschamps se coloca como um dos grandes vitoriosos da história do futebol francês.

Oficialmente a França tem sete títulos conquistados: são duas Copas do Mundo, duas Copas das Confederações, duas Eurocopas e agora uma Nations League. Deschamps participou ativamente de quatro desses títulos. Estando dentro de campo, o ex-volante celebrou a Copa do Mundo de 1998 e a Eurocopa de 2000; já como treinador, ele comandou os elencos campeões da Copa do Mundo de 2018 e o da Nations League da atual temporada.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O objetivo de Deschamps é dar sequência a esse momento vitorioso da seleção francesa com a conquista da Copa do Mundo de 2022, no Catar. Atual campeã do Mundial, a França entra como uma das favoritas. Após a vitória sobre a Espanha, que resultou no título da Nations League, Deschamps exaltou o orgulho que teve de seus jogadores.

— Estou muito orgulhoso e muito feliz pelos jogadores. Não estivemos bem no jogo anterior, mas desta vez conseguimos empatar logo após sofrer o primeiro gol. Além do talento desta equipe, convém não esquecer o caráter e ambição de todos, sem exceção. Havia um troféu importante em jogo. Os jogadores queriam muito levá-lo para casa e eu também. Quando se está numa final, é sempre melhor vencê-la — destacou Deschamps.

Com seu trabalho em alta, o treinador ainda não conversou com a Federação Francesa de Futebol para ampliar o seu vínculo, que tem validade até o final da Copa do Mundo de 2022. A imprensa especializada da França não garante uma permanência do treinador, mesmo que a França suba ao lugar mais alto novamente. Muito se fala que Deschamps pode ser substituído por Zinedine Zidane, que fez sucesso no Real Madrid e atualmente está sem clube.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top