Campeonato Carioca

TJD-RJ concede liminar para que Cabofriense e Nova Iguaçu não sejam rebaixados no Campeonato Carioca

Foto: Divulgação

O Nova Iguaçu e a Cabofriense não serão rebaixados no Campeonato Carioca deste ano. Nesta quarta-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) concedeu uma liminar, por meio do Dr. José Jayme Santoro, presidente em exercício da instituição, para que as equipes não caiam nesta temporada.

Os documentos do caso mostram que os clubes alegaram que os efeitos financeiros causados pela paralisação do campeonato em virtude da pandemia de Covid-19 prejudicaram as equipes.

“No referido recurso alegam os requerentes que devido aos efeitos da pandemia, os planejamentos econômicos, financeiros e técnicos dos clubes foram muito prejudicados”, relata o documento.

Quando citam problemas financeiros, os clubes se referem não só a questões extracampo, como prejuízo com bilheterias, cotas de transmissão, etc. Mas, também, sobre o enfraquecimento de seus respectivos elencos. Dos dois lados, muitos jogadores da base tiveram que subir pra compor o plantel e fazer com que os times cumprissem suas obrigações em campo.

Agora, segundo a liminar, todos os outros 14 times que disputam o Carioca têm um prazo de 48 horas para concordarem ou não com os termos.

Entenda os casos de Cabofriense e Nova Iguaçu

Com apenas três pontos conquistados, somando Taça Guanabara e Taça Rio, a Cabofriense amarga a 12ª e última posição na classificação geral do Campeonato Carioca. Com isso, a equipe estaria rebaixada para a fase preliminar da próxima edição do Estadual no Rio de Janeiro.

Já o Nova Iguaçu disputa atualmente o Grupo Z da primeira divisão do Campeonato Carioca, que define o time rebaixado para a Série B1 do próximo ano, junto com o América e o Americano. A equipe não conquistou pontos até o momento, e com apenas uma partida a ser jogada, não tem mais como alcançar o América, que possui seis pontos. Dessa forma, o time não se livraria do descenso.

Para saber tudo sobre o seu time, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top