Vasco

Torcedor declarado do Vasco, Anderson Conceição chega ao clube alegando ser o maior desafio da carreira

Foto: Twitter/Emanuelle Ribeiro

Em uma quarta-feira (12) muito agitada no CT Moacyr Barbosa, o zagueiro Anderson Conceição, de 32 anos, foi mais um dos nomes que foi oficialmente apresentado para a torcida do Vasco da Gama e concedeu sua primeira entrevista com a camisa do clube.

+Goleiro Thiago Rodrigues recebe a camisa 1 do Vasco e destaca jogo com os pés: ‘Futebol de hoje pede isso’

Logo nas suas primeiras palavras, o jogador já fez questão de ressaltar seu carinho pelo clube e se declarou torcedor de coração do Cruzmaltino: “Com certeza maior desafio da carreira, por isso aceitei. Por ser vascaíno, por ter família vascaína. Clube passando por um momento de reconstrução, maior desafio da carreira, sim. Quando avisei minha família que viria para cá foi uma festa. Vou trabalhar bastante junto com o grupo para colocar o Vasco na Série A. Se tiver que cobrar vou me cobrar, sim, não podemos acomodar.”

Além de ser um torcedor declarado, Anderson também já passou – e morou – por São Januário no início de sua carreira, ainda na base, onde teve companheiros de equipe como Philippe Coutinho e Alex Teixeira. “Me marcou muito na época porque sou daquela geração de guerreiros, que não desiste, persevera. Muitos jogadores da minha época passaram aqui e me mandaram mensagem: ‘Irmão, você voltou para casa, joga por nós porque a gente não conseguiu jogar no profissional do Vasco e você está tendo essa oportunidade, então honre essa camisa’. Eu sou muito trabalhador. Não vim para passear no Rio de Janeiro, estou chegando para vencer com essa camisa do Vasco e pelos meus companheiros também” – afirmou o jogador.

Quanto a escolha da camisa, ele também deu uma explicação sobre isso e relembrou um grande ídolo do clube que já foi responsável pelo número: “Número pesado o 4, sempre gostei de jogar com ele. Quando acertei o contrato perguntei se a camisa 4 estaria disponível, por ter sido do Mauro Galvão, lendário jogador que vestiu essa camisa”.

Por fim, o zagueiro também ressaltou as dificuldades da dinâmica da Série B: “Você muda muito de um jogo pro outro, enfrenta o Grêmio e depois o Brusque. Campos e logísticas diferentes. Temos que nos adotar, trabalhar a cabeça para vencer o jogo. O mais importante na série b é continuar somando e chegar no final dentro do bolo. Posição em campo – Sempre procurei aprender sobre posicionamento, trabalhar meus defeitos. Meu posicionamento na área é bom, mas vamos trabalhar para errar o mínimo possível, porque as competições exigem isso”.

+Zagueiro Luis Cangá se apresenta ao Vasco e passa por exames no CT Moacyr Barbosa

Anderson Conceição tem 32 anos e chega ao Vasco com a responsabilidade de reformular um setor que deu muitos problemas na temporada passada. Com a iminente saída de Leandro Castan, Anderson se torna o cara mais experiente da zaga e tentará liderar todo o sistema defensivo para corresponder a altura naquele que o próprio classificou como “maior desafio da carreira”.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top