Athletico

Torcedores entram na justiça e conseguem liminar para assistir Athletico x Peñarol na Arena da Baixada

Foto: Divulgação/Athletico

Seis sócios do Athletico entraram na Justiça e conseguiram uma liminar para ter o direito de assistir aos jogos do Furacão na Arena da Baixada. A decisão vale já para o próximo jogo, diante do Peñarol, na próxima quinta-feira (30), às 21h30 . Entretanto, com a decisão, apenas os seis torcedores que entraram na justiça podem assistir o jogo de quinta-feira. A informação foi trazida inicialmente pela jornalista Monique Vilela, da Rádio Banda B

A ação correu na 5ª Vara Cível de Curitiba. Com a decisão, os torcedores poderão assistir o duelo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana, assim como as próximas partidas que ocorrerem com a permissão de público pelas autoridades públicas. A medida ocorreu após o presidente do Athletico, Mário Celso Petraglia, informar que não iria liberar público na partida da volta, com o Peñarol.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Os torcedores que entraram na justiça são todos sócios torcedores do Athletico. Eles alegam que a prefeitura de Curitiba liberou até 5 mil torcedores, no decreto válido desde 18 de agosto. Os torcedores também reforçam que a Conmebol já autorizou a presença de público na competição, inclusive o Athletico jogou contra o Peñarol, para um público de cerca de 16 mil torcedores, por isso o pedido da liberação por parte dos sócios.

No pedido inicial, os torcedores buscavam a liberação para o publico limite, 5 mil pessoas, não apenas para eles seis. Inclusive, segundo informações do Ge. os seis torcedores são: Alinny Karoline Laskavski, Bruno Fontoura Stefanichan, Dante Giovanni Carminati Grein, Eduardo Natal Tanus, Fernando Felix de Azevedo e Pedro Eilert Fernandes da Silva. Eles afirmam que não pretendem comparecer ao jogo, já que a decisão judicial só foi favorável a eles e não a todos os sócios do clube.

– Nosso objetivo único e exclusivo era de liberar a entrada de todos os sócios. A gente não tem o interesse de ir para o jogo sozinhos, só nós seis. Queremos fazer valer o direito de todos e que o clube respeite todos os sócios – falou Eduardo Tanus ao Ge.

Vale lembrar, que nas condições do decreto da Prefeitura de Curitiba, quando tiver público, será necessário apresentar exame RT-PCR ou antígeno para detecção do novo coronavírus, com resultado negativo, tendo sido coletado em até 48 horas antes da data do evento. A última vez que o Athletico jogou com público, foi no dia 4 de março de 2020, cerca de mais de um ano e meio atrás, diante do Rio Branco, pelo Campeonato Paranaense. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top