Atlético-MG

Trabalho de Cuca pelo Atlético-MG pode ficar apenas no saudosismo de 2013

Qual é a ideia do Atlético-MG ao contratar Cuca como treinador, para vaga de Jorge Sampaoli? Uma mudança bem drástica, tanto no estilo, quanto nas ideias, na forma de jogo, na filosofia. É praticamente um tiro no escuro. Mas por que o Galo trouxe o treinador? Nada mais óbvio do que histórico de ter levado o clube para a conquista da primeira e única Copa Libertadores de sua história.

Mas Cuca não parece ser mais o mesmo treinador. Teve insucesso imenso na maioria dos clubes que passou depois daquele forte Atlético-MG. Uma coisa não se pode questionar, o jogo reativo não mudou. O treinador teve um lampejo ao levar o limitado Santos para a final da mesma Libertadores. Parece que o treinador tem um gosto especial pela competição. Parece né…..

Por outros clubes não viveu tantos ápices. A estreia do milionário time do Galo na competição foi mais do que decepcionante, diante do La Guaira, da Venezuela. Forma 59 cruzamentos, apenas 16 certos, segundo o SofaScore. Números lamentáveis para uma equipe que tem Zaracho – único a se salvar nesse empate – Hulk, Nacho, Tche Tche, Nathan, Hyoran, Vargas, Diego Tardell e muitos outros nomes cobissadíssimos.

A real pergunta não é onde o Atlético-MG pode chegar e sim onde Cuca pode chegar. Ou melhor, o motivo real de seu retorno. È pela filosofia ou por puro saudosismo? A resposta vai chegar em breve. Ou com sua demissão ou com um triunfo. A primeira, por ora, é bem mais plausível.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top