Basquete

Treinador da Unifacisa, César Guidetti fala sobre boa temporada e o futuro da equipe paraibana no NBB

Foto: Mari Sá/LNB

Uma das principais surpresas na temporada do NBB, foi a Unifacisa, do Estado da Paraíba. O treinador da equipe, o experiente César Guidetti, falou de forma exclusiva ao Esporte News Mundo sobre sua primeira temporada à frente do time, as dificuldades desta última temporada, os pontos positivos e o futuro do elenco paraibano na competição.

A Unifacisa terminou na nona colocação a primeira fase do NBB, com 14 vitórias em 30 jogos. Nas oitavas de final dos playoffs fez uma emocionante série diante da equipe de Mogi das Cruzes Basquete, mas acabou tomando a virada na reta final do terceiro jogo e sendo eliminada na competição. Sobre a boa temporada, César Guidetti elogiou seus comandados que tiveram bons momentos, mas frisou que poderia ter sido melhor, além da pandemia e as viagens serem um adversário a mais.

– Foi uma temporada boa, principalmente por ser o 2º ano da equipe no NBB, na elite do basquete nacional. De modo geral, tivemos uma campanha próxima dos 50%, ainda mais nessa temporada cheia de situações ímpares, como a pandemia, a mudança de localização, com isso muitas viagens e não conseguimos jogar em casa. Nós poderíamos ter chegado melhores nos playoffs, mas são muitos pontos que mostram sinais do bom trabalho, chegamos a estar entre os seis melhores, além da importante vitória contra Franca, uma das principais equipes do Brasil.

O experiente treinador que participou de 12 das 13 edições do NBB, também falou que a logística e como as constantes viagens foram um grande peso para as equipes que não são do eixo Rio-São Paulo. Guidetti revelou que teve ocasiões que a Unifacisa teve menos de 24h entre chegar na cidade da partida e jogar. Além de comentar sobre as experiências de jogos mais seguidos nesta temporada do NBB.

– Sobre a logística, foi algo que afetou a todos e nós também tivemos algumas complicações. Sabemos que esse era o único meio para a competição seguir e afetou a todos, mas tivemos casos de uma viagem durar 14 horas, chegando próximo das 17h de um dia e ter jogo no outro dia às 14h, é muito complicado essa logística não atrapalhar. Nós tivemos esse período de bolhas, que fazíamos cerca de três a cinco jogos. Aliás, isso foi uma coisa nova no NBB e nós como muitos, não conseguimos tempo para treinar, foi uma superação na parte física, exigindo muito dos atletas e da parte da fisioterapêutica do clube. Muitas coisas nós acertamos com conversas táticas, vendo vídeo. Dentro do cronograma não tinha tanto tempo para treinar. Mas acredito que as adversidades ensinam muito, temos que tentar aprender com isso.

Foto: Divulgação/Unifacisa

César Guidetti também falou sobre a grande falta que foi jogar em casa, já que Campina Grande, é uma cidade que aprendeu muito rápido a amar o basquete. O treinador, que já foi adversário da Unifacisa, comentou que a atmosfera da quadra é um fator muito importante que fez falta nesta temporada e espera ter esse retorno para o próximo ano.

– Não tenho dúvidas que iríamos melhorar se jogássemos em casa, ainda mais pela minha experiência de conhecer bem a torcida daqui. Quando joguei contra, o fator casa pesa bastante. Se tivéssemos o campeonato de turno e returno, com jogos em casa, a gente teria ido melhor sim, certamente. Além da expectativa para o próximo NBB, é primeiramente temos jogos de ida e volta. Nossa ideia é voltarmos a jogar em casa, e isso é um ponto muito importante para nós.

Foto: Mari Sá/LNB

Para encerrar, Guidetti frisou a boa organização da equipe, fundamental para os bons desempenhos na liga e sobre a próxima temporada do NBB. O treinador comentou que o planejamento, ainda, depende dos patrocinadores para definir as metas e brigar por bons resultados no NBB.

– Temos uma organização que é algo fora do padrão. A estrutura que temos é excelente, uma das melhores do basquete brasileiro, não deixamos a desejar em nada para os grandes clubes. Para a próxima temporada, dependemos dos patrocinadores para definir bem as metas do ano, isso dentro do NBB é fundamental. Isso vai definir para saber em qual nível a Unifacisa vai poder competir e partir disso aos poucos vamos melhorando pontos no futuro da equipe.

Os Playoffs do NBB seguem a todo vapor, o primeiro classificado nas quartas de finais, foi o Flamengo, que derrotou o Mogi e está nas semifinais.

Para saber tudo sobre o NBB, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top