Mais Esportes

Tsitsipas bate Rublev com soberania e conquista primeiro Masters 1000 na carreira

Tsitsipas Monte Carlo
Divulgação/Twitter da ATP

Stefanos Tsitsipas enfrentou Andrey Rublev na manhã deste domingo pela final do Masters de Monte Carlo e venceu com autoridade, não deixando o russo desenvolver seu jogo. Venceu com um duplo 6/3, em somente 1h11 de peleja. O título coroa uma semana de excelência do grego que não perdeu nenhum set durante toda a jornada.

O começo do jogo começou da melhor maneira para Stefanos. Abriu 3 a 0 e manteve o ritmo nos games de serviço, oferecendo poucas oportunidades de reação para Rublev. Perdeu somente cinco pontos quando sacou. Conciliou agressividade com precisão e fechou a parcial em 6/3. Lançou 9 winners e cometeu cinco erros não forçados.

A superioridade de Tsitsipas seguiu no segundo set e conseguiu uma quebra precoce para fazer 3 a 1. O grego abusou de bolas profundas e potentes, assim, Rublev encontrou dificuldades de impor sua agressividade rotineira. Durante toda a partida não teve break points contra. O russo não achou o saque do grego e não gerou potência e ofensividade nas suas devoluções. Desta maneira, o jovem grego o derrotou com mais um 6/3, conquistando seu primeiro título de Masters 1000.

Com a taça conquistada do Masters 1000 de Monte Carlo, Stefanos alcançou marcas impressionantes aos 22 anos de idade. Apesar do troféu, ele continuará na quinta colocação do ranking da ATP. Já quebrou recordes como o primeiro tenista grego a chegar a uma semifinal de Grand Slam e o primeiro a levantar um título nível ATP. Agora, é pioneiro da sua terra natal a ganhar um Masters 1000.

É o jogador de tênis mais novo a vencer o Masters de Monte Carlo desde Nadal em 2008. Seis jogadores bateram seis vitórias em 2021. Rublev com 24, Tsitsipas tem 22, Daniil Medvedev venceu 17 partidas, Alexander Bublik, Hubert Hurkacz e Jannik Siiner triunfaram 15 vezes. Nota-se que todos tem 25 anos ou menos. Stefanos está na segunda colocação dos atletas com mais vitórias de 2019 até o presente momento, são 151, contra 161 de Novak Djokovic, que lidera nesse quesito.

LEIA MAIS

Nadal após derrota para Rublev em Monte Carlo: ‘Meu saque foi um desastre’

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top