Futebol Internacional

Tudo sobre Yunus Musah, estrangeiro mais jovem da história do Valencia

FOTO: DIVULGAÇÃO / LALIGA

O Valencia terá mais uma cara nova visando a temporada do futebol europeu. O clube promoveu Yunus Musah, que nasceu nos Estados Unidos, mas defende a seleção da Inglaterra. O meia tem 17 anos e estava na equipe B do Valencia. Passando a integrar o elenco principal, Musah se torna o jogador mais jovem nascido fora da Espanha a fazer parte da equipe. Além disso, também será o primeiro jogador inglês da história do clube.

Nascido em Nova York, de ascendência ganesa e criado na Inglaterra

Yunus nasceu em 29 de novembro de 2002, em Nova York, nos Estados Unidos, aonde sua mãe estava de férias na época. Ele é descendente de ganeses, mas viveu na Itália até os nove anos de idade, começando sua carreira juvenil no clube local Giorgione. Depois de se mudar para Londres, Musah passou sete anos no Arsenal FC e se formou na base do clube, chamada ‘Hale End’.

Escolheu representar a Inglaterra, ao invés de Gana, Itália ou Estados Unidos

Internacionalmente, ele pode representar quatro países: Inglaterra, Gana, Itália ou Estados Unidos. Mas, até agora, ele optou por fazer isso pela Inglaterra – mais recentemente atuando na equipe Sub-18, já tendo sido capitão dos times Sub-15, Sub-16 e Sub-17.

Ele é o primeiro inglês a jogar pelo Valencia em uma partida oficial

A estreia de Yunus pelo clube valenciano aconteceu no dia 13 de setembro de 2020, bem no clássico da cidade (o Derby de Valência) contra o Levante UD – quase um ano depois de ingressar no clube. Com isso, ele se tornou o primeiro inglês a jogar pelos Che em uma partida oficial.

Meio-campista com capacidade de fazer a diferença no ataque

Apesar de ser originalmente um meio-campista, Musah pode jogar fora de posição – sendo até um legítimo camisa 10 -, como mostrou contra o Levante UD. Ele disse que seu passe e habilidades criativas são seus atributos mais fortes, mas Yunus chamou a atenção na Espanha com seu ritmo explosivo, habilidades de drible e faro de gol também.

Técnico Javi Gracia diz que ele pode chegar ao topo

Apesar da pouca idade, Yunus já provou sua autoconfiança e habilidades de liderança. Ele faz a diferença em campo, e até já fala um espanhol excelente. O treinador do Valência, Javi Gracia, o escolheu para um elogio especial na conferência de imprensa pós-jogo, destacando sua maturidade e reiterando sua convicção de que o jovem tem capacidade e mentalidade para se estabelecer no topo, no futuro.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top