Atlético-MG

Turco analisa desempenho do Atlético-MG e projeta sobre próxima partida: ‘Temos que ganhar’

Turco Foto: Pedro Souza / Atlético
Foto: Pedro Souza/Atlético

O técnico do Atlético-MG, Antonio Mohamed, concedeu entrevista coletiva após o empate conquistado diante do Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, em jogo adiantado pela sétima rodada do Brasileirão. Apesar de manter a sequência de partidas sem derrota, o desempenho da equipe cresceu o que fez o treinador argentino sair contente com o 1 a 1.

O sabor é outro, porque a equipe recuperou a forma. Recuperou a intensidade, recuperou o controle da situação. No segundo tempo, a equipe jogou como tem que jogar. No primeiro tempo também, por um momento. Somente tivemos 15 minutos de distração. Tivemos 18 finalizações, 65% de posse de bola, assim a equipe recuperou a sua forma. Isso me deixa muito tranquilo e é o mais importante. Temos que ratificar essa subida no sábado, jogando em casa, e temos que ganhar.

Leia também:

O Atlético vinha de três jogos sem vencer no Brasileirão e na última partida perdeu a invencibilidade como mandante ao sair derrotado no clássico contra o América-MG. Após o duelo, El Turco dizia que o time precisava reagir. Para ele, a resposta veio já na partida seguinte.

– O goleiro do Bragantino foi a figura do jogo, determinante. (…) Estamos tranquilos, estamos muito fortes e hoje me vou contente, tranquilo. Muito tranquilo, porque a equipe mostrou reação. Tivemos a derrota sábado e eu falei que somente queria ver como uma equipe campeã se levantava de uma derrota. Hoje, iniciamos perdendo o jogo e a equipe terminou merecendo ganhar. Essa é a resposta de uma equipe ganhadora.

El Turco ainda comentou a respeito da situação clínica de Guga, que saiu lesionado. No entanto, o treinador relevou o quadro do jogador, que suspeitava ter sentido uma lesão mais grave. “Apenas câimbras”.

Para ficar informado sobre tudo acontece com o Atlético-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Sobre a polêmica da partida, Antonio Mohamed deu a sua versão sobre o pênalti anulado que era a favor do Atlético. No lance, após rebatida na área, Guilherme Arana finalizou e a bola bateu na mão de Léo Ortiz. O árbitro deu o pênalti e expulsou o zagueiro do Red Bull Bragantino. No entanto, após revisão no VAR, foi constatado o impedimento na jogada.

– Seguramente, se vocês me perguntam, é porque não foi justa a decisão. Nesse momento, não estamos tendo situações a favor. O que temos que fazer é estar muito fortes, muito unidos, e o mais importante é o que mostra a equipe dentro de campo.

O próximo duelo do Atlético-MG na temporada será dentro de casa, diante do Atlético-GO, no sábado (14), às 19h, na Arena Independência. Para a partida, o Galo conta com o retorno da sua principal estrela, Hulk, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo neste jogo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top