Lutas

UFC 257 se torna um dos três mais vendidos da história, segundo site

Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Image

O UFC 257, realizado no último final de semana em Abu Dhabi, teve a derrota de Conor McGregor para Dustin Poirier como a luta principal da noite. No entanto, nem o nocaute sofrido pelo irlandês e o tempo longe do octógono o fizeram perder qualquer brilho quanto aos fãs.

O Sports Business Journal publicou que as estimativas de venda dos pacotes-de-pay-per-view do evento estão próximas de 1,6 milhão em todo mundo. O que tornaria o card do último dia 23 um dos três mais vendidos da história do Ultimate.

E os três eventos que lideram a lista tem McGregor como principal estrela. O líder de vendas é o UFC 229, no qual o irlandês foi finalizado por Khabib Nurmagomedov. O evento vendeu 2,4 milhões de PPVs. Muito do recorde se deve pela intensa rivalidade entre ambos, movida a polêmicas e provocações de ambas as partes.

Outro do top-3 é o UFC 202, em 2016. Neste card, o número estimado de pacotes de pay-per-view negociados foi de 1,6 milhão. E também num duelo em que o irlandês também teve um rival notório como adversário, Nate Diaz. Neste caso, acabou vencendo por decisão majoritária.

A fama de McGregor como o principal chamariz de vendas do UFC é algo conhecido até de quem não acompanha muito UFC. Nem mesmo o tempo longe do octógono (não lutava desde janeiro de 2020, quando venceu Donald Cerrone) e as polêmicas fora do cage conseguiram tirar o brilho da maior estrela do MMA na atualidade.

Um dado curioso é que do ‘pódio’ de McGregor como ‘rei’ do pay-per-view do Ultimate, duas das três lutas foram derrotas, as contra Khabib no UFC 229 e agora contra Poirier no UFC 257. Apenas o segundo duelo contra Diaz teve o braço do ‘Notorious’ erguido ao final do combate.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top